Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Cludia Feres - 22/01/2016

Matrcula Escolar X Inadimplemento

Compartilhar:

Matrícula Escolar X Inadimplemento



Matricular-se numa escola particular está cada vez mais difícil. Os fornecedores de prestação de serviços educacionais criaram, recentemente, uma exigência para fazer matrícula que é o “atestado de quitação de débito” para a verificação de inadimplemento do responsável financeiro com outra instituição de ensino. Além da pesquisa nos cadastros tradicionais como Serasa e SPC (que já é considerada abusiva), há também a busca no Cineb – Cadastro de Informações da Educação Brasileira – uma prática que viola a dignidade do consumidor. A escola particular é um fornecedor de serviços no mercado e, como qualquer outro fornecedor, corre o risco da sua atividade. A única alternativa para fazer com que o inadimplente pague as mensalidades atrasadas é a via judiciária, por meio das ações correlatas. A escola não é obrigada a fazer a rematrícula do aluno que está atrasado com as mensalidades do ano anterior, mas jamais pode conjecturar ou combinar com as demais escolas o impedimento da matrícula quando o responsável financeiro está com o pronto pagamento. É uma abusividade sem tamanho o cerceamento do direito fundamental de um serviço tão essencial como é a EDUCAÇÃO.

Cláudia Feres
Professora Universitária
Chefe de Departamento do Contencioso da Fundação Procon




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018