Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Dom Paulo Mendes Peixoto - 25/07/2015

Ao com limite

Compartilhar:

A sociedade brasileira redefine seus Planos Estaduais e Municipais de Educação para os próximos dez anos. Neles está o esforço de estabelecer a inclusão social para construir uma sociedade onde todas as pessoas sejam respeitadas. Significa que existem limites que não podem ser desrespeitados, porque tais ações provocam reações e descontroles emocionais indesejáveis.

Na dimensão das diversidades está a “ideologia de gênero”, uma expressão pouco conhecida pela maioria das pessoas. As famílias e educadores têm que ser informados sobre seu conteúdo e não ficar apenas no âmbito restrito dos legisladores. Esse é o motivo da realização de uma Audiência Pública, no dia dezessete de agosto, em Uberaba, evento aberto para todas as pessoas do Município.

A verdadeira e honesta educação é muito importante para o desenvolvimento sustentável de qualquer país. Elogiamos a todas as pessoas que estão realmente preocupadas com uma escola de qualidade e que seja capaz de formar pessoas com verdadeira consciência crítica, construindo uma sociedade cada vez mais moderna e comprometida com a identidade real dos cidadãos.

O mundo escolar, na “pós-modernidade”, deve ser um ensinamento novo, mas feito com autenticidade, limites e exigências éticas, sem afetar o direito de educar próprio dos pais. Os ensinamentos de Jesus Cristo foram também novos, mas sempre respeitando a identidade das pessoas e não concordando com atitudes contra o mandamento do amor.

Diante da ação de Deus, a humanidade deve dar a sua participação no aperfeiçoamento da natureza, na formação das pessoas e construção da dignidade. Os cristãos são vocacionados para isso, agindo em conformidade com os ensinamentos de Cristo e numa vida regida por valores que vêm do alto, tendo como suporte o amor para com seu semelhante.

Os pensamentos das pessoas às vezes são conflitantes, mas o amor deve estar acima de qualquer rivalidade, porque isto significa respeito e valorização das diferenças. Também tem que ser ensinado nos Centros Educacionais, nas Escolas, provocando a superação das mesquinharias, dos egoísmos, do indiferentismo e das ações interesseiras, totalmente despreocupadas com o bem comum. 

(*) Arcebispo de Uberaba




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018