JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 14 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

Tudo o que se planta, a gente colhe?

Esta é uma pergunta cujas respostas se divergem... Ao ver tanta corrupção e impunidade

Por Eliana Barbosa. Última atualização: 19/06/2015 - 20:22:46.

Esta é uma pergunta cujas respostas se divergem... Ao ver tanta corrupção e impunidade em nosso país, há pessoas – principalmente as imediatistas e materialistas – que vão me dizer que não... Afinal, os corruptos continuam plantando opressões e privações e estão aí... livres, leves e soltos, colhendo uma aparente vida boa.

Porém, nós todos sabemos que é impossível semear pimenta e colher morangos; semear dor e colher felicidade. Isso não existe!!! O que vemos na vida superficial dessas pessoas que plantam o mal não corresponde ao que realmente acontece com elas.

Imagine a carga de energia negativa que recebem, diariamente... E como deve ser negra e sombria a nuvem que paira sobre eles e seus familiares... Chegará o dia em que suas consciências irão cobrar cada ato, cada palavra, cada gesto – o dia da colheita!

Na verdade, não deveríamos questionar a Lei do Plantar e do Colher – a semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória mesmo. É preciso paciência e persistência para continuar a plantar o bem, a concórdia, a retidão e o amor.

O que faz algumas pessoas desacreditarem dessa Lei é que a germinação daquilo que se planta costuma ser lenta, podendo levar décadas para se processar, porque ela não depende só de quem planta, e sim das condições externas, que têm grande influência nos resultados.

Daí, a necessidade da perseverança. Sempre digo aos pais amorosos e honestos que estão sofrendo com filhos rebeldes, que não se desesperem e que persistam no caminho do bem, porque nada é mais transformador do que o exemplo.  

E lembre-se: o “Banco Central” do Universo, através de nossas consciências, sempre nos cobrará o tempo perdido, cada ação amorosa que tivermos negado, ou oportunidade de servir que ignoramos.

Então, continue firme no seu plantio do bem e confie! Cada um tem o que merece, no tempo certo, e só Deus sabe o momento exato da sua colheita!  

(*) coach de relacionamentos, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento,  apresentadora de programas em TV e rádio e ministra  palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos
Conheça melhor as suas atividades profissionais no site
www.elianabarbosa.com.br
Contato:
eliana@elianabarbosa.com.br

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia