Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Dom Paulo Mendes Peixoto - 18/04/2015

Espao vazio

Compartilhar:

Já falamos de “Sepulcro vazio”. A intenção agora é refletir sobre “Espaço vazio”, podendo ser físico, psicológico ou espiritual. Após a morte de Cristo, pela motivação dos profetas do Antigo Testamento, à primeira vista, ficou um grande vazio. Parece que reinou uma profunda decepção e as esperanças de situações novas no processo de libertação do povo caíram por terra.

Páscoa significa espaços que foram preenchidos pelo Cristo ressuscitado. É o espaço da fé, que só tem sentido se Cristo é visto como O ressuscitado, que está vivo. A questão não é o espaço físico, mas o que é assumido no contexto do mistério e nas palavras do próprio Jesus: “Sou eu” (Jo 6,20).

O espaço toma nova forma e passa a ser preenchido agora com o testemunho dos apóstolos e dos primeiros cristãos. Passaram a testemunhar que Cristo tinha ressuscitado e enfrentaram, inclusive, o martírio, por causa disso. Os atos miraculosos eram realizados em nome de Jesus Cristo. Era uma fé que conseguia “remover montanhas”.

O conhecimento que os primeiros cristãos tinham de Cristo não era um fato teórico. Eles viviam sua palavra no cotidiano, tendo como base o cumprimento dos mandamentos de Deus. Há uma expressão que diz: “o amor de Deus se realiza plenamente em quem guarda sua palavra” (I Jo 2,5). Palavra que é capaz de neutralizar nossa passividade em relação ao bem.

Na mentalidade atual, corremos o risco de ver em Jesus Cristo apenas um fantasma, com uma fé irreal e incapaz de construir vida nova e esperança para as pessoas. A confirmação da fé está fundamentada nas palavras da Sagrada Escritura. Aí encontramos o alimento que dá estrutura e base para a ação do cristão e preenche o espaço vazio.

Muitos espaços são preenchidos quando fazemos a opção e participamos de um grupo que reflete a Palavra de Deus. Palavra que motiva a vida e o valor de cada pessoa humana. Além disso, faz superar o medo e as ameaças que muita gente vem sofrendo. Ela fortalece a fé e preenche o vazio de esperança.

(*) Arcebispo de Uberaba




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018