Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Thassiana Macedo - 09/03/2018

Professores do Estado mantm greve por tempo indeterminado

Compartilhar:

Divulgação


Maria Helena Gabriel, coordenadora do Sind-UTE em Uberaba, diz que o movimento será mantido na cidade

Durante assembleia geral realizada ontem no pátio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), trabalhadores da rede estadual de ensino decidiram manter a greve por tempo indeterminado em todo o Estado. O objetivo é reivindicar o fim do parcelamento dos salários e do 13º, cumprimento dos acordos assinados em 2015, pagamento do piso salarial e atendimento de qualidade pelo Ipsemg.

De acordo com a coordenadora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) em Uberaba, Maria Helena Gabriel, a greve iniciada ontem continua. “O governo não fez nenhuma proposta que atendesse à categoria, pelo contrário, apresentou propostas superfora do normal para a nossa compreensão. Por isso nós votamos pela continuidade da greve por tempo indeterminado. No próximo dia 15 nós retornaremos a Belo Horizonte, pois quem sabe até lá o governo já tenha tomado outra postura em relação ao acordo que ele fez conosco”, ressalta a coordenadora.

Maria Helena ressalta ainda que o governador Fernando Pimentel está mandando uma carta para a comunidade, informando que não tem condições de negociar, o que não será aceito pela categoria em hipótese alguma. Entre as propostas apresentadas pelo governo aos trabalhadores da Educação está o pagamento retroativo do piso salarial, referente a 2016, parcelado em oito vezes, o que, segundo Maria Helena Gabriel, não será aceito pelos professores. “Hoje nós começaremos o nosso programa de visitas às escolas convocando nossos colegas a vir para a luta, pois não é possível que um colega, ou seja, um professor que atua diariamente dentro da escola queira ficar sem o seu piso salarial. E dia 15 retornamos a Belo Horizonte para saber se avançaram as negociações do governo com a categoria”, frisa.



OUTRAS NOTCIAS


Sem atingir meta, vacinao contra gripe segue nas UBSs (22/06)
Unidades vo acolher adolescentes e adultos dependentes qumicos (22/06)
Cadastramento escolar termina hoje e no haver prorrogao (22/06)
Aps trs meses de saldo positivo, gerao de empregos cai em maio (22/06)
Prefeitura acorda Termo de Cooperao com INSS para cruzamento de dados e fiscalizao (22/06)
Expediente nas unidades do Codau sofre alteraes por conta dos jogos do Brasil (22/06)
Retroescavadeiras reforam trabalho de manuteno da infraestrutura rural (22/06)
Fundao Cultural traz forr do Trio Murupi na Concha de So Joo (22/06)
Para as crianas: Oficina Infantil de Cookies est com inscries abertas (22/06)
STF julgar lei sobre devoluo de taxa de matrcula por universidades de MG (21/06)
Em paralisao, professores da rede particular ameaam greve (21/06)
Agentes de trnsito fiscalizam filas duplas na porta das escolas (21/06)
Menor preo para o litro da gasolina em Uberaba R$ 4,77 (21/06)
Parque Tecnolgico promove bate-papo sobre editais de captao de recursos (21/06)
Sade mental do trabalhador tema de palestra do Projeto Portas Abertas (21/06)
Sem alvar, oficina mecnica interditada pela Posturas no Cidade Ozanan (21/06)
Servidores do Estado se manifestam no centro da cidade em apoio a aposentados (21/06)
Relatrio diz que troca de cdula na eleio da UFTM foi detectada (20/06)
Cidade est inserida em campanha nacional de preveno a doena rara (20/06)
Com a entrega do mdulo B, Rio de Janeiro ter linha de nibus (20/06)




San Marco - 20jun
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Na sua opinio, como deveriam ficar os direitos polticos de parlamentares presos?





JM FORUM
A Lei Seca completou dez anos em junho. Na sua opinio, temos o que comemorar?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018