Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Renata Mambrim - 18/08/2012

Operadoras de celular não podem mais cobrar chamadas que caírem

Compartilhar:

As operadoras de telefonia móvel serão proibidas de cobrar pela segunda chamada, caso a primeira seja interrompida. Para evitar nova cobrança, o usuário terá de fazer outra chamada em no máximo dois minutos, do mesmo aparelho e para o mesmo destino. A mudança está na proposta de alteração do regulamento do Serviço Móvel Pessoal, aprovada no dia 15 deste mês pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A impossibilidade de cobrar por novas chamadas será válida caso a ligação caia por qualquer motivo [não só técnico], para todas as operadoras, para todos os planos disponíveis e tanto para chamadas para celular quanto para telefones fixos. A regra incidirá sobre as contas pré-pagas e pós-pagas.

Caso a regra não seja cumprida, as operadoras poderão pagar multa, sofrer processo administrativo por descumprimento de decisão, ressarcir o usuário em dobro ou fazer repasse a ser revertido a fundo de direitos difusos.

Na quinta-feira (16), a proposta passou por consulta pública, quando as empresas e a população se pronunciaram sobre a mudança. A consulta terá prazo de dez dias corridos. A Anatel espera que em um mês a nova regulamentação esteja em vigor.

A TIM Celular, operadora que mais apresentou problemas em Minas Gerais, por meio de nota, manifestou sua concordância com a proposta feita pela Agência. “A empresa buscará se antecipar, iniciando já na próxima semana o processo de implementação da nova solução em seis Estados da região Nordeste", disse o vice-presidente de Assuntos Regulatórios e Institucionais da TIM, Mario Girasole. A nota divulgada pela TIM informa ainda que a empresa “se propõe a estender além dos 120 segundos” o período para a realização de uma nova chamada após qualquer interrupção.



OUTRAS NOTÍCIAS


Eletricitários da Cemig devem parar no dia 4 (26/11)
Medida que prevê pequenas farmácias sem farmacêutico enfrenta protesto (26/11)
Ação de vandalismo no transporte coletivo deixa usuários assustados (26/11)
Usuários continuam reclamando de atendimento na UAI (26/11)
Campanha do Laço Branco marca Dia da Não Violência Contra Mulher (26/11)
Movimento de passageiros cresce 33,3% no aeroporto de Uberaba (26/11)
Confira as últimas notícias da cidade desta quarta-feira (26/11)
No bairro de Lourdes, dejetos voltam para o interior de 2 casas (25/11)
Vazamentos de esgoto se agravam na cidade com retorno das chuvas (25/11)
Educação no Trânsito encerra ciclo de palestras (25/11)
Sind-UTE exige que governo cumpra cronograma (25/11)
Confusão foi menor que a esperada e GMs vão ajudar, diz Settrans (25/11)
Pedestres e usuários de coletivos também sofreram com alterações (25/11)
Motoristas ficam desorientados no 1º dia útil após as inversões (25/11)
Veja aqui as últimas notícias sobre o que acontece na cidade (25/11)
Vereador diz ser ‘lamentável’ situação do IML de Uberaba (25/11)
Usuários reclamam da retirada de abrigos de ônibus da Leopoldino (24/11)
Mudança no trânsito do entorno da praça Rui Barbosa causa transtorno para taxistas (24/11)
Conferência municipal busca tratamento e destinação final dos resíduos sólidos (24/11)
Centro de Transplante de Medula Óssea na reta final para operação (24/11)




Banner Giovanna Prata lateral superior
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

Banner blog mais bella
ENQUETE
Passados os primeiros dias das mudanças do trânsito no centro da cidade, você acha que daqui para frente as coisas vão melhorar?




JM FORUM
Você tem alguma sugestão para o pessoal da Settrans em relação ás modificações do trânsito que foram feitas nesta semana?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2014