Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Renata Mambrim - 18/08/2012

Operadoras de celular no podem mais cobrar chamadas que carem

Compartilhar:

As operadoras de telefonia móvel serão proibidas de cobrar pela segunda chamada, caso a primeira seja interrompida. Para evitar nova cobrança, o usuário terá de fazer outra chamada em no máximo dois minutos, do mesmo aparelho e para o mesmo destino. A mudança está na proposta de alteração do regulamento do Serviço Móvel Pessoal, aprovada no dia 15 deste mês pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A impossibilidade de cobrar por novas chamadas será válida caso a ligação caia por qualquer motivo [não só técnico], para todas as operadoras, para todos os planos disponíveis e tanto para chamadas para celular quanto para telefones fixos. A regra incidirá sobre as contas pré-pagas e pós-pagas.

Caso a regra não seja cumprida, as operadoras poderão pagar multa, sofrer processo administrativo por descumprimento de decisão, ressarcir o usuário em dobro ou fazer repasse a ser revertido a fundo de direitos difusos.

Na quinta-feira (16), a proposta passou por consulta pública, quando as empresas e a população se pronunciaram sobre a mudança. A consulta terá prazo de dez dias corridos. A Anatel espera que em um mês a nova regulamentação esteja em vigor.

A TIM Celular, operadora que mais apresentou problemas em Minas Gerais, por meio de nota, manifestou sua concordância com a proposta feita pela Agência. “A empresa buscará se antecipar, iniciando já na próxima semana o processo de implementação da nova solução em seis Estados da região Nordeste", disse o vice-presidente de Assuntos Regulatórios e Institucionais da TIM, Mario Girasole. A nota divulgada pela TIM informa ainda que a empresa “se propõe a estender além dos 120 segundos” o período para a realização de uma nova chamada após qualquer interrupção.



OUTRAS NOTCIAS


Cohagra cobra agilidade de bancos na retomada de casas ocupadas ilegalmente (24/02)
Entidades se mobilizam para derrubar veto ao Refis para as microempresas (24/02)
Educadores do Estado param na quarta e podem decidir por greve (24/02)
Entidade prepara paralisao de juzes federais por auxlio-moradia (24/02)
Superintendncia realiza a terceira convocao para a designao (23/02)
Mensagem falsa oferece vagas de trabalho na empresa de Correios (23/02)
Movimento financeiro na ExpoZebu deve passar de R$ 170 mi este ano (23/02)
Credores decidiro por falncia ou nova proposta da Copervale (23/02)
Produtores de leite cobram leis especficas para defesa do setor (23/02)
Cohagra aciona Procon aps descredenciamento de empresa responsvel pela construo de muros no MCMV (23/02)
Aps uma semana abaixo dos R$ 4, litro da gasolina volta a subir e pode custar at R$ 4,79 (23/02)
Revitalizaes das praas Jorge Frange e Carlos Gomes so finalizadas (23/02)
Mutiro de Conciliao entre Procon e empresas obtm 82,6% de sucesso (22/02)
Falta de fitas para teste de glicemia na rede pblica preocupa diabticos (22/02)
Balano aponta insero de 820 jovens no mercado de trabalho (22/02)
Empresrio acusado de matar ex-funcionrio em Nova Ponte vai a jri (22/02)
Expozebu 2018 ter quatro shows (22/02)
Escolas da rede estadual na cidade passam a ter iluminao de LED (21/02)
Assim como em Uberaba, telefonia lidera reclamaes no Procon de MG (21/02)
Criana de sete anos fica com a mo presa em nibus escolar (21/02)




San Marco
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
RIVER AUTOPEAS
SINTONIZE

ENQUETE
Apesar de a PMU descartar surto de meningite na cidade, h aumento significativo no nmero de casos. A vacinao a forma mais eficaz de preveno. Voc est com a imunizao em dia?







JM FORUM
Aps pedidos de moradores e vereadores, o albergue municipal vai se mudar do Boa Vista para a av. Orlando R. Cunha. Na sua opinio, a mudana positiva?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018