Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Renata Mambrim - 18/07/2012

Indústrias alimentícias são tema de palestra

Compartilhar:

Vigilância Sanitária Municipal faz palestra sobre “Requisitos Básicos para Funcionamento e Licenciamento Sanitário em Indústrias Alimentícias”, direcionada aos proprietários, responsáveis técnicos e profissionais da indústria alimentícia. O evento será na Secretaria Municipal de Saúde, no dia 30 de julho.

De acordo com Emerson Mariano de Almeida, diretor da Vigilância Sanitária, a palestra irá servir para o pequeno empreendedor que produz determinados tipos de alimentos. “Este produtor configura-se como indústria, por exemplo, a sorveteria, pequenas panificadoras que revendem o pão na quitanda, gelos comestíveis e alguns laticínios”, diz.

O departamento, através deste evento de educação, trará informações e legislações vigentes pertinentes à indústria alimentícia, com o intuito de padronizar as ações desta atividade e as condições de higiene sanitária. “Iremos mostrar qual é a diferença de um produto que é notificado na Vigilância e de um produto registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), quais são os produtos isentos de registro da portaria 23 e qual é a legislação de rotulagem: lote, data de fabricação, entre outros coisas”, explica Emerson.

Um assunto de destaque na palestra será a abordagem das responsabilidades técnicas. “Muitas indústrias não têm responsável técnico em nutrição ou um engenheiro de alimento”, afirma o sanitarista.

A confirmação de presença pode ser feita pelos telefones: 3331-2737 e 3331-2738 e haverá duas turmas, a escolher, nos horários de 9h às 12h e 14h às 17h, no dia 30 de julho. A próxima palestra será direcionada aos profissionais da beleza.






Lateral superir Giovanna
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
r�dio

Banner blog mais bella
ENQUETE
Na sua opinião, a saída do ex-prefeito Anderson Adauto do processo eleitoral deste ano:





JM FORUM
No JM o prefeito Paulo Piau disse que a atualização da tabela que reflete a valorização ou desvalorização do metro quadrado nos diversos bairros da cidade vai abalizar o IPTU para 2015. Na sua opinião, qual deveria ser o índice máximo de correção do imposto?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2014
CMIDIA