Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Paulo Borges - 17/07/2012

Mulher de 56 anos sofre parada cardaca e morre na UPA Abadia

Compartilhar:

Informações de que uma paciente teria vindo a óbito por falta de atendimento adequado na UPA Abadia, fez com que a reportagem do Jornal da Manhã se deslocasse até o local para apurar o caso. Por meio de ligação telefônica, ouvinte se dizia revoltada com a situação. Segundo ela, uma mulher teria sofrido parada cardiorrespiratória e não foi salva por falta de médicos na Unidade naquele momento.

Já no local, outros usuários da UPA, ao avistarem a equipe do JM, revelaram que o Samu havia sido acionado justamente porque não havia médicos nem equipamentos na Unidade.

Em posse das informações, a reportagem ouviu o diretor-clínico, doutor José Geraldo Abade, para quem as denúncias não condiziam com a verdade dos fatos.

Em posse do prontuário da paciente O.M.R.S., 56 anos, residente na zona rural, o médico contou que a mesma chegou à UPA por volta das 2h de ontem. O diagnóstico revelava que a mesma apresentava problemas pulmonares associados a cardíacos. “Quando ela chegou, foi atendida, muito bem atendida, pela doutora Valesca. Hoje [ontem], ela passou mal por volta das 9h e foi solicitado por um dos médicos que a mesma fosse removida para sala de urgência, onde permaneceu sendo monitorada e assistida por toda a aparelhagem disponível. No entanto, ela entrou em parada cardiorrespiratória. A doutora Delma e a Mara prestaram o atendimento, eu também fui chamado e realizamos todos os procedimentos”, disse, revelando os motivos da solicitação da presença do Samu. “Em todos os casos graves, inclusive de parada cardiorrespiratória, que não se consegue recuperar o paciente, o mesmo precisa ser removido para o Hospital de Clínicas, na Vaga Zero. Esse procedimento é feito juntamente com o Samu. Inclusive, quando eles chegaram, a doutora Gisele, que estava na ambulância, também nos auxiliou na tentativa de reverter o quadro”, explica.

No momento em que a matéria era produzida, a reportagem tentou localizar a filha da paciente. No entanto, sem sucesso.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde, por meio de nota, o Samu foi acionado apenas para dar reforço aos quatro médicos da UPA que estavam tentando ressuscitar a paciente.



OUTRAS NOTCIAS


Moradora denuncia asfalto malfeito em obra do projeto gua Viva (19/01)
Prazo para pagamento do IPTU com desconto de 20% vence amanh (19/01)
Usurios vo promotoria contra aumento da tarifa do transporte (19/01)
Apesar da demanda pela imunizao o risco pequeno, diz diretor (18/01)
Procura pela vacina contra febre amarela muda aplicao da BCG (18/01)
Aposentada se queixa de som alto ao lado de casa no Ilha de Maraj (18/01)
Terrenos abandonados levam insegurana ao Serra Dourada (18/01)
Sindicatos definem aes contra a proposta de reforma da Previdncia (17/01)
Designao online de educadores da rede estadual comea amanh (17/01)
Recuperao da indstria ainda exige cautela, afirma presidente da Fiemg (17/01)
Promotor Carlos Valera assume a coordenao do Gaeco Uberaba (17/01)
Soma das 10 maiores dvidas com a Unio em Uberaba passa de R$ 1 bi (17/01)
Total de 562 benefcios por incapacidade sero revisados na agncia local do INSS (17/01)
Crateras prejudicam o trfego de veculos no Parque Hileia (17/01)
Terrenos abandonados trazem insegurana aos moradores do Serra Dourada (17/01)
Procon-MG probe a venda do celular Moto X em todo o Estado (16/01)
Janeiro Branco oferece Planto Psicolgico Solidrio (16/01)
Comisso busca parceria com Educao para promover a doao de rgos (16/01)
Mais de 600 empresas foram canceladas em Uberaba por falta de movimentao (15/01)
Uberaba tem 17 reas contaminadas ou reabilitadas pela Feam de Minas (15/01)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Concluso das obras do sistema BRT Sudeste/Sudoeste foi novamente adiada e, segundo previso da administrao, ser em junho. Na sua opinio, o sistema funcionar ainda este ano?






JM FORUM
Anvisa liberou recentemente o registro e a comercializao do primeiro medicamento com princpios ativos derivados da maconha. Qual sua opinio sobre o uso da droga em tratamentos de doenas psiquitricas ou neurodegenerativas?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017