JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de janeiro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Encontrado fêmur de 1,4 de titanossauro

Mais um fóssil foi encontrado nas rochas às margens da BR-050, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal

- Por Helena Cunha Última atualização: 28/05/2011 - 00:41:51.

Mais um fóssil foi encontrado nas rochas às margens da BR-050, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal. Durante trabalho de escavações, paleontólogos descobriram outro fêmur que deve pertencer ao titanossauro Uberabatitan ribeiroi, o maior dinossauro brasileiro já encontrado.

Desde quarta-feira, equipe do Centro de Pesquisas Paleontológicas iniciou os trabalhos em pequena ponta do fóssil que havia aparecido, mas perceberam que era um osso muito grande e foi comprovado que é um fêmur. De todos os encontrados durante todos esses anos de escavações, esse é o maior fêmur, com aproximadamente 1,40m de comprimento, explica diretor do Centro de Pesquisas Paleontológicas, Luís Carlos Borges Ribeiro. A intenção do paleontólogo é de retirá-lo junto com a rocha para levar à exposição para que as pessoas tenham ideia de como o osso é encontrado e como é o processo de escavação. “Talvez será preciso engessá-lo para preservar sua integridade”, explica.

Neste mesmo local já foram encontrados outros 200 fósseis durante escavações realizadas em 2004, 2005 e 2006 e foram classificados como três indivíduos de tamanhos diferentes, mas da mesma espécie. “Então, pode ser que o menor fêmur seja de dinossauro mais jovem e o outro de indivíduo mais adulto, estamos interpretando dessa forma”, completa. Ribeiro ainda acredita que na próxima terça-feira conseguirá retirar o fóssil e então levá-lo ao Museu dos Dinossauros, em Peirópolis.

Após terem sido interrompidas devido ao período chuvoso, as escavações foram retomadas há aproximadamente duas semanas. Na região já foram retiradas cerca de 200 peças nos últimos anos, sendo as primeiras descobertas registradas no início da duplicação da rodovia. Na época, os operários mantiveram os achados em segredo até que informações conduziram o diretor a pleitear a posse junto ao Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER). O titanossauro viveu há cerca de 100 milhões de anos, com peso estimado em nove toneladas e medindo em torno de 12 metros de comprimento e seis de altura.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia