Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 13/11/2009

Uberabenses na Conferncia Estadual de Comunicao

Compartilhar:

Comitiva uberabense segue neste fim de semana para Belo Horizonte, onde acontece a Conferência Estadual de Comunicação, a partir de hoje. Mesmo representada no evento, a cidade teve curto prazo para debater as propostas de políticas para o setor, visto que o Poder Público Municipal não se manifestou sobre a organização ou não da conferência local.

De acordo com o coordenador do curso de Jornalismo da Uniube, André Azevedo da Fonseca, os alunos cumpriram a fase municipal numa iniciativa emergencial, juntamente com alguns profissionais da área. Sem polemizar, ele acredita que ainda existe resistência tanto do Poder Público quanto da própria comunidade em relação à participação direta no processo democrático e lembra que o sistema de conferências é novo.

Entre as prioridades levantadas na reunião, o jornalista destaca as propostas de estimular a produção e a veiculação de conteúdo regional nas TVs abertas e por assinatura; a criação do Conselho Nacional de Comunicação como espaço para a sociedade exigir a qualidade de conteúdo; a implantação de instância de autorregulamentação do jornalismo, e a necessidade de democratizar a comunicação. “Isso não acontece de uma tacada só. Por isso, estamos planejando uma pós-conferência para organizar melhor e chamar as pessoas para discutir”, conta.

Já segundo a jornalista Gê Alves, que está na comitiva de delegados, o anúncio da conferência nacional de comunicação em abril representa um fato histórico para o setor e é lamentável que a comunidade uberabense tenha perdido a chance de elencar temas para serem discutidos. Ela salienta que tanto a Câmara Municipal quanto a Prefeitura foram provocados sobre a etapa local, mas não houve resposta. “O que lamento mais é a falta de um não. Se tivéssemos essa manifestação, poderíamos ter tido tempo de fazer uma conferência livre mais ampla e organizada. Ficamos na expectativa”, conta.

A delegada revela, ainda, que a Câmara será acionada para transformar em lei a realização anual da Conferência Municipal de Comunicação, bem como a criação do Conselho Municipal de Comunicação.



OUTRAS NOTCIAS


Aumento de produo e queda na procura derrubam preo do tomate na Ceasa local (22/08)
Secretarias promovero aes de conscientizao sobre HPV (22/08)
Montes lamenta prejuzos causados por incndio a agropecuaristas da regio (22/08)
Tempo seco aumenta atendimento peditrico nas UPAs em 30% (22/08)
Queimadas devem elevar nmero de pacientes no Hospital da Criana (22/08)
Aeronave sobrevoa regio para mensurar extenso da destruio causada por incndio em canaviais (21/08)
Curso de formao fomenta utilizao de equipamentos tecnolgicos na educao (21/08)
ExpoGentica 2017 ser aberta oficialmente nesta segunda-feira (21/08)
Dia do Campo Limpo tem atividades sobre o fim de embalagens de agrotxicos (20/08)
Rede de sade da cidade passa por capacitao sobre notificao (20/08)
Desorganizao preocupa usurios de UPAs (20/08)
Posturas mantm fiscalizao ao comrcio ambulante no calado (20/08)
Interceptores na Santa Beatriz devem estar prontos em cinco dias (19/08)
Moradores e comerciantes da rua Major Eustquio reclamam de obra (19/08)
Banco Mercantil faz seleo para escriturrio (19/08)
Aposentados da Caixa protestam contra desconto para a Funcef (19/08)
Feti promove atividades socioeducativas aos moradores do Maraj (19/08)
Novos nibus comeam a operar na Linha Ponte Alta/Peirpolis na prxima tera-feira (19/08)
Capacitao tcnica do Procon Regional encerrada com Fiscalizao do Mercado (18/08)
Com deciso do TJ sobre Uber, taxistas esperam regulamentao (18/08)




ESPECIAL DE ANIVERSRIO 2017
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
O Codau iniciou a transposio do rio Claro. Segundo dados da autarquia, a vazo do rio Uberaba est em torno de 1.520 litros/segundo e, para atender demanda da cidade, necessrio um volume de 900 litros/segundo. Voc acredita que a transposio necessria neste momento?





JM FORUM
Governo federal diminuiu a previso do salrio mnimo para 2018, tendo em vista a queda na inflao, prevista ainda para este ano. Assim, o novo salrio mnimo deve ser de R$ 969 e no mais de R$ 979, como previsto, mas ainda poder sofrer mais reajustes at o fim do ano. Qual a sua opinio sobre os novos valores?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017