JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de julho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Justiça inclui nome social de 35 eleitores no título

Nome social é aquele que designa a identificação pela qual o transexual ou travesti é socialmente reconhecido

27/06/2019 - 00:00:00. - Por Marconi Lima Última atualização: 27/06/2019 - 14:21:35.

Quase um ano após a Justiça Eleitoral garantir a eleitores transexuais e travestis incluírem o nome social no título de eleitor e no caderno de votação, além de atualizar sua identidade de gênero no Cadastro Eleitoral, 6.280 eleitores se encaixam nessa faixa. 

Em Uberaba, dados da Justiça Eleitoral apontam que, após o fechamento do recadastramento biométrico, 35 eleitores estão aptos a votar com a utilização do nome social. O município conta com 217.095 eleitores em condições de comparecerem às urnas. Apenas 478 pessoas ainda não regularizaram sua situação, com a realização da biometria. Ainda dentro da questão da inclusão, os dados da Justiça Eleitoral apontam 6.386 eleitores com algum tipo de deficiência. 

Nome. Nome social é aquele que designa a identificação pela qual o transexual ou travesti é socialmente reconhecido. Já a identidade de gênero estabelece com que gênero – masculino ou feminino – a pessoa se identifica. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além de garantir a identificação desejada, o nome social visa assegurar tratamento digno ao eleitor. O nome registrado pelo cidadão constará também das folhas de votação e dos terminais dos mesários nas seções eleitorais, de modo a favorecer uma abordagem adequada à individualidade do eleitor.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia