JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 23 de abril de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Mães se queixam da dificuldade de vagas em escola estadual do bairro Elza Amui

A falta de vagas na escola estadual Irmão Afonso está gerando reclamação de moradores da região do bairro Elza Amui

18/01/2019 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende

A falta de vagas na escola estadual Irmão Afonso está gerando reclamação de moradores da região do bairro Elza Amui. Duas mães de alunos entraram em contato, por meio de aplicativo de mensagens, para reclamar que os filhos não conseguiram vaga na escola do bairro em que moram. 

Conforme relato, ao procurar a unidade de ensino mais próximo de casa, foram informadas que não havia vagas naquela unidade. A partir da negativa, elas procuraram outras unidades e só conseguiram efetivar a matrícula no Escola Estadual Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco.

Procurada, a superintendente de Ensino, Marilda Ribeiro Resende, explica que o órgão fez o Plano de Atendimento ao Aluno (PAA) em julho de 2018, com inspetores e diretores, para apurar vagas disponíveis, bem como a demanda. E desde então conhece o problema da localidade. De acordo com o estudo, que fez levantamento de salas de aulas e demais estruturas, a procura por vagas é superior ao que a unidade pode oferecer. “Na situação do Irmão Afonso, o que existe ali é uma demanda que a escola já não suporta”, esclarece.

Marilda enfatizou ainda que a Superintendência Regional de Ensino realiza o PAA em 25 cidades e que segue o que determina a legislação. Por fim, revela que, desde 2015, tem colocado como necessidade a implantação de nova unidade para atender toda a demanda daquela região da cidade.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia