JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de julho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Multas e autuações do primeiro dia de rotativo não serão computadas

O presidente da CMU havia solicitado a suspensão da cobrança até a regularização do serviço, que não foi acatada pelo prefeito Paulo Piau

09/01/2019 - 15:30:44. Última atualização: 09/01/2019 - 16:16:54.

Jairo Chagas

Cobrança pelo tempo de uso no estacionamento rotativo continua. Ofício encaminhado ontem (8) ao Executivo pelo vereador Ismar Marão, presidente da Câmara Municipal, solicitando a suspensão da cobrança do estacionamento rotativo devido às incontáveis falhas e reclamações feitas apontadas pelos usuários não foi acatado pelo prefeito Paulo Piau. 

Em nota, a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal afirma que Piau recebeu com naturalidade a solicitação de Marão, mas descarta a possibilidade de suspensão. “Cabe lembrar que o projeto do Estacionamento Rotativo está em discussão há mais de três anos, sendo uma cobrança constante de diversos segmentos. O mesmo sistema foi implantado em Uberlândia, Araxá, cidades do interior de São Paulo, Belo Horizonte, entre outras pelo Brasil”, diz trecho da nota.

Ainda de acordo com a assessoria da Prefeitura, no entanto, as multas e autuações registradas no primeiro dia de cobrança, ou seja, segunda-feira, dia 7, que também foi uma solicitação de Marão, serão desconsideradas.

Vale lembrar que somente serão desconsideradas as multas e autuações de motoristas de carros referentes ao pagamento do estacionamento rotativo na segunda-feira e, portanto, as infrações registradas nos demais dias de cobrança pelo tempo de uso deverão ser pagas pelo infrator.

“A suspensão de autuações/multas do dia 7 de janeiro vale apenas para motoristas de carro no estacionamento rotativo, para aqueles que não regulamentaram no sistema ou passaram do horário determinado sem regulamentar”, afirma a assessoria.

Ainda de acordo com a assessoria da PMU, quem recebeu multa ou autuação deverá recorrer à Secretaria de Defesa Social para solucionar o problema, por meio da abertura de processo administrativo para o cancelamento. Mais informações pelo telefone: 3331-2380; a secretaria fica na rua Veríssimo, 200; atendimento ao público das 12h às 18h.

Motos. Vale lembrar que as infrações cometidas por motoristas em motocicletas não serão desconsideradas. Isso porque as motos são isentas de cobrança pelo tempo de uso, desde que respeitado o estacionamento nos bolsões devidamente demarcados. Por isso, as infrações em motocicletas que estavam estacionadas em local diferente não são referentes à cobrança do estacionamento e, portanto, devem ser pagas pelo usuário.

Acompanhe:

Idosos e deficientes têm vagas reservadas, mas não terão isenção no estacionamento

Estacionamento rotativo apresenta problemas no primeiro dia de cobrança 

A responsabilidade da administradora da Área Azul

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia