Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 07/02/2018

Para otimizar espaos, Educao fecha berrios em Cemeis com pouca demanda

Compartilhar:

Berçários de alguns Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis) deixam de funcionar. Leitores procuraram o Jornal da Manhã preocupados com a situação, uma vez que deixam os filhos em Cemeis para que possam trabalhar. Conforme informações, a medida foi adotada em alguns locais por conta da baixa demanda e como forma de otimização de espaço.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Silvana Elias, a retirada de berçários de alguns Cemeis foi uma decisão administrativa, diante da baixa procura. “Conforme a lei, o município deve atender obrigatoriamente as crianças de 4 a 5 anos. De zero a três anos, o município tem uma meta estabelecida pelo Plano Nacional de Educação de atender 50% das crianças até 2021, e atualmente atendemos 80% dessa demanda. Não estamos presos à legislação e compreendemos a necessidade das pessoas, mas neste momento crucial de atendimento das crianças, é preciso priorizar”, explica.

Silvana destaca que alguns Cemeis possuíam salas de berçário com seis, sete crianças, ocupando um espaço que poderia abrigar cerca de 20 crianças de quatro e cinco anos, que é uma fase importante de alfabetização. “Então, em algumas unidades, como por exemplo, do Jardim Maracanã, que havia apenas quatro candidatos, retiramos o berçário”, destaca Silvana.

Sendo assim, segundo orientações repassadas pela secretária, os pais podem buscar outras unidades infantis que ainda possuem berçário. Para informações, basta entrar em contato com a Secretaria Municipal de Educação, e a partir daí procurar a instituição e fazer o cadastramento. “Mas dentro do possível, eu acredito que vamos amenizar a situação dos berçários”, diz. 

 



OUTRAS NOTCIAS


Conselho de Farmcia faz campanha sobre o uso correto de medicamentos (25/05)
Empresa ter que indenizar motorista com depresso agravada por assalto (25/05)
Procon alerta para aumentos abusivos em postos e anuncia pesquisas dirias (25/05)
Concessionrias buscam alternativas para manter o sistema de transporte (25/05)
Supermercados devem comear a enfrentar desabastecimento hoje (25/05)
Protesto contra altos preos dos combustveis para a Leopoldino (25/05)
Mais de 80 casais participam hoje do Casamento Comunitrio em Uberaba (25/05)
Alunos da rede municipal sero agentes da alimentao saudvel (25/05)
MP faz recomendao sobre acmulo de cargos (24/05)
Resciso indireta no impede o direito estabilidade de trabalhadora gestante (24/05)
Procon checa cobrana diferente no carto em compra de cigarro (24/05)
Aumento da energia vai sacrificar quem ganha menos (24/05)
Paralisao j provoca atrasos em entregas de produtos para a cidade (24/05)
Inscries abertas para o 2 mdulo do projeto Nos Caminhos da Msica (24/05)
Grupo CaoLaru atrao internacional do prximo Domingo na Concha (24/05)
Unidades de Pronto Atendimento recebero 22 camas e macas nesta quinta (24/05)
Codau realiza manuteno em poo profundo no bairro Olinda (24/05)
Aulas esto suspensas na UFTM em razo das dificuldades do transporte pblico (24/05)
Confira os servios suspensos na administrao municipal (24/05)
Greve dos caminhoneiros afeta atendimentos no HC/UFTM (24/05)




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018