JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de novembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Falta de drenagem e galerias antigas seriam causas de alagamento perto do Uberabão

Na segunda-feira, o local ficou alagado novamente, mas causa estranheza o fato de que o acúmulo de água passou a acontecer recentemente

- Por Geórgia Santos Última atualização: 07/02/2018 - 08:40:19.

Jairo Chagas


Na segunda-feira, o local ficou alagado novamente, mas causa estranheza o fato de que o acúmulo de água passou a acontecer recentemente 

Vias sem drenagem pluvial e galerias antigas no bairro Fabrício seriam as causas dos alagamentos que passaram a ocorrer na via que contorna o Estádio Municipal Engenheiro João Guido, o Uberabão, como ocorreu na última segunda-feira. O que causa estranheza é o fato de que o local não era considerado como ponto de constante acúmulo de água com as chuvas. Prefeitura diz que existe projeto para a implantação de mais de mil metros de galeria na região, mas ainda não tem recursos.

O ponto que gerou alagamento foi na parte de cima da via que contorna o estádio, próximo à Superintendência Regional de Saúde, uma região movimentada, que abriga vários órgãos públicos, como a própria Superintendência de Saúde, a de Educação, a Receita Federal, a Justiça Federal, entre outros.

De acordo com nota enviada pela assessoria de imprensa da Prefeitura, segundo a Secretaria de Serviços Urbanos, o trecho está localizado em um bairro antigo e várias vias não possuem galeria pluvial. Aquelas que possuem, as galerias são antigas, com diâmetro menor do que existe atualmente e, por isso, não conseguem captar o fluxo de água que desce de vias como Vital de Negreiros, Aluísio de Melo Teixeira, Maria Carmelita Castro Cunha, Padre Zeferino, Lucas Borges, Almirante Barroso, e outras.

Contudo, ainda conforme a nota, o local está inserido no projeto de galerias que a Prefeitura vai desenvolver em alguns pontos da cidade. Serão 1,2 mil metros de obra em todo o entorno do Uberabão. Porém, ainda não existem recursos para o projeto e a Prefeitura está buscando verba junto ao governo federal. 


 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia