JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 23 de abril de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Levantamento parcial do LIRAa aponta aumento na infestação em Uberaba

Em nota enviada à imprensa nesta manhã, SMS informa que o aumento de índice é tendência em outros municípios mineiros, como Ituiutaba (10,6%) e Divinópolis (6,5%)

Última atualização: 16/01/2018 - 12:04:27.

Em nota enviada à imprensa nesta manhã, Secretaria Municipal de Saúde reafirma o andamento do Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa). A secretaria informa que os estratos preliminares assinalam o aumento do índice, o que já é esperado, já que é esta também a tendência em outros municípios mineiros, como Ituiutaba (10,6%) e Divinópolis (6,5%).

O levantamento proveniente dos estratos já concluídos aponta que, apesar das mobilizações da administração municipal, muitos focos estão sendo encontrados dentro das residências, fazendo mister a necessidade de maior envolvimento da população para com a situação.

A expectativa da SMS era terminar o levantamento ainda ontem (15), mas teve o trabalho prejudicado (entenda o caso aqui). Nesse sentido, o índice somente será atingido após a conclusão do levantamento.

A secretaria esclarece que o anúncio oficial será feito o mais rápido possível, dentro da finalização deste trabalho, seguindo todos os critérios determinados pelos órgãos de Saúde do município e do Estado. Vale lembrar que número os casos notificados de dengue neste mês de janeiro, até esta terça-feira (16), é de 28, dígito dentro do quadro de normalidade epidemiológica.

Ainda na nota enviada, a SMS aponta que ações como o Fumacê, que não são de responsabilidade do município, já foram solicitadas ao Estado – no caso dos motofogs também já foi requerida a contratação para sua circulação nos bairros.

Por fim, a secretaria reforça a necessidade de colaboração ativa dos uberabenses, pedindo o apoio da população sobre limpeza e cuidado com água parada em suas residências, além de descarte correto.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia