JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Representatividades se reúnem para debater melhorias das estradas rurais

Período chuvoso preocupa autoridades no que tange às estradas rurais, cujo fluxo de trânsito aumentará

Última atualização: 16/01/2018 - 11:52:51.

Período chuvoso preocupa autoridades com relação às estradas rurais. O vice-prefeito João Gilberto Ripposati e o secretário de Desenvolvimento do Agronegócio, Luiz Carlos Saad, se reuniram nesta segunda-feira (15) com o vereador Agnaldo Silva para tratar sobre demandas de manutenção delas, buscando soluções para agilizar o trabalho necessário de manutenções antes do início do período letivo e do escoamento de safras, que vão aumentar o fluxo de trânsito. Vice-presidente da Câmara e também representando a Comissão do Agronegócio, Agnaldo Silva explicou que a preocupação é principalmente com as estradas que possuem gargalos a serem resolvidos.

O secretário do Agronegócio destacou que índice pluviométrico foi maior que o esperado na região e que a Sagri já possui todo o planejamento e os pontos identificados. “Precisaremos da agilidade e de colocar máquinas e equipes de trabalho nos trechos, que é o que vamos fazer daqui para frente, executando as urgências. Nas estradas ainda não estão passando as vans escolares e não foi colhida a safra, que será pós fevereiro, então é interessante observar que temos pouco movimento nas estradas”, pontua Luiz Carlos Saad.

Ele esclarece, além disso, que a preocupação da Prefeitura é que tudo esteja em ordem para quando o fluxo de circulação aumentar. “As regiões com mais demanda são em Santa Rosa, Serrinha e Baixa, e um pouco da região do Chapadão. Não são problemas graves, mas sim problemas pontuais e dentro da rotina prevista no período de chuvas, como atoleiro, excesso de chuva no mesmo local e dificuldades do escoamento de água. Queremos fazer tudo com rapidez para o fluxo não parar nenhuma estrada”, explica.

O vice-prefeito ressaltou o trabalho na busca de soluções ágeis, e destacou que também está solicitando o apoio da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande (Amvale).

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia