Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Da Redao - 16/07/2017

Prazo para o incio da obra chegou a ser definido em lei, mas nunca foi cumprido

Compartilhar:

Foto/Reprodução

Projeto proposto para o calçadão que não foi viabilizado e trocado por um mais simples

Apesar do estabelecimento de prazos - até por força de lei - para a revitalização do calçadão da rua Artur Machado, eles nunca foram cumpridos. A única reforma significativa por que passou o espaço entre a Leopoldino de Oliveira e praça Rui Barbosa se deu no governo do ex-prefeito Marcos Montes, mas que consistiu apenas em refazer o piso, alinhando-o com as calçadas. No governo do ex-prefeito Anderson Adauto, um novo projeto foi concebido, que, para a sua execução, exigia parceria com os lojistas no tocante à padronização das fachadas.

A ideia era de se viabilizar um “shopping a céu aberto”. Para isto, em setembro de 2014, já no governo do atual prefeito Paulo Piau, uma lei chegou a ser aprovada na Câmara Municipal estabelecendo prazo até 19 de março de 2015 para que os lojistas padronizassem suas fachadas e a Prefeitura desse início à revitalização do piso, incluindo as obras de drenagem, necessárias para o local. Contudo, esse prazo nunca foi cumprido. Inicialmente, houve resistência das redes de lojas de âmbito nacional, depois os lojistas passaram a se queixar da crise e o projeto nunca saiu do papel.

Além de um novo piso nas cores vermelha, preta e branca, com desenhos idealizados por Burle Marx [Roberto Burle Marx, 1909-1994, desenhista, pintor, escultor, cenógrafo, figurinista e musicista], o projeto previa a padronização das fachadas, mantendo a arquitetura de cada estabelecimento, com mudanças nas marquises para a instalação de cobertura. Essa estrutura, de acordo com o projeto, teria largura de 1,70m a 2m. Na ocasião do vencimento do prazo estabelecido pela lei [19 de março de 2015], o então secretário de Planejamento, Marcondes Nunes de Freitas, dizia que a Prefeitura já contava com os recursos alocados, mas nunca foram divulgados valores, sob o argumento de que ainda estava em fase de elaboração de orçamento.

Diante do não-cumprimento da lei, o prazo foi dilatado para outubro de 2015, quando uma nova prorrogação foi solicitada pela Câmara de Dirigentes Lojistas, sob alegação da proximidade com o Natal. Assim foi fixado o mês de fevereiro de 2016 para início das obras e, naquela época, segundo o então presidente da CDL, Miguel Faria, os lojistas já estavam prontos para realizar a parte deles, inclusive com empresa contratada, mas tudo não passou de programação.

Leia também:

Revitalização não terá bom resultado se ambulantes continuarem sem controle

Projeto mais barato pode deixar o centro cinza, diz líder classista

Intervenções colocam subterminal de ônibus no meio da Rui Barbosa




OUTRAS NOTCIAS


Governo diz que nmero de interdies caiu para quase a metade (27/05)
Movimento j atinge voos e sadas de nibus no terminal rodovirio (27/05)
Caminhoneiros deixam 050, mas greve segue em ptios de postos (27/05)
MP recomenda que fornecedores no subam preo de alimentos sem justa causa (26/05)
Justia defere liminar e suspende a licitao do cemitrio-parque (26/05)
Produtor descarta 26 mil litros de leite por no conseguir transporte (26/05)
Greve de caminhoneiros no afeta atendimentos no Hospital Hlio Angotti (26/05)
Proibido estacionar no fim de semana em avenidas no entorno da Uniube (26/05)
Conselho de Farmcia faz campanha sobre o uso correto de medicamentos (25/05)
Empresa ter que indenizar motorista com depresso agravada por assalto (25/05)
Procon alerta para aumentos abusivos em postos e anuncia pesquisas dirias (25/05)
Concessionrias buscam alternativas para manter o sistema de transporte (25/05)
Supermercados devem comear a enfrentar desabastecimento hoje (25/05)
Protesto contra altos preos dos combustveis para a Leopoldino (25/05)
Mais de 80 casais participam hoje do Casamento Comunitrio em Uberaba (25/05)
Alunos da rede municipal sero agentes da alimentao saudvel (25/05)
Codau confirma insumos suficientes para tratamento de gua at o final da prxima semana (25/05)
Atendimentos e realizao de exames no HC/UFTM so normalizadas (25/05)
Caminhoneiros de Uberaba no reconhecem acordo com o governo e mantm greve (25/05)
Algumas cirurgias no HC/UFTM continuam suspensas; exames sero reduzidos a partir de amanh (25/05)




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018