Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
25/07/2009

Uniube deixa de oferecer curso de Jornalismo em funo da demanda

Compartilhar:

A extinção da obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão de jornalista começa a refletir em alguns segmentos. Apesar de as grandes empresas firmarem a intenção de dar preferência aos profissionais formados, muitos que pretendiam cursar a faculdade desistiram após a decisão do Supremo Tribunal Federal. Na Universidade de Uberaba (Uniube), a turma que seria formada através do vestibular de junho foi cancelada por causa da baixa procura.

Com 22 anos e desde nova pensando em se formar em Jornalismo, Carolina Oliveira foi pega de surpresa com a decisão. Com medo das reações do mercado, a jovem preferiu aguardar e adiar o vestibular para o início de 2010. “Arrependo-me um pouco agora, mas achei que era melhor ver qual seria a reação das universidades em relação à qualidade do ensino”, diz.

André Azevedo da Fonseca, diretor do curso de Comunicação Social da (Uniube), não discute que a profissão está experimentando um momento de crise. A ansiedade que atormenta jornalistas, professores e, principalmente, estudantes, fazendo com que eles temam a depreciação do mercado de trabalho e se preocupem com o futuro de suas carreiras, é questionada por ele. “Acredito que estejamos passando por um efeito de pânico momentâneo, principalmente dos candidatos ao curso. Porém, isso é infundado, temos vários exemplos de que o mercado continuará exigindo a formação acadêmica”, salienta, lembrando o caso do curso de Publicidade e Propaganda, profissão que não exige o diploma e que, historicamente, sempre teve mais procura do que o Jornalismo na instituição.

Para André, há muita desinformação sobre as reais consequências da medida do STJ. Quando as pessoas entenderem melhor o sentido do curso de Jornalismo para a consolidação de uma carreira em longo prazo, diz ele, ficará suficientemente claro que o curso é imprescindível para que se tenha um bom profissional. “Não tem cabimento, na era da informação, abrir mão da formação superior. Vejo essa crise como um momento fértil para que façamos mudanças que correspondam a essas necessidades. O curso precisa, mais do que nunca, deixar clara a diferença entre um profissional formado e um que não seja. A qualificação deve ficar mais explícita, de modo que a competência fique, de fato, inquestionável”, conclui.



OUTRAS NOTCIAS


Biblioteca do Cemea Boa Vista fica em 1 lugar no Prmio Ecofuturo (20/07)
Mais de 5 mil famlias na cidade recebero o Bolsa Famlia com reajuste (20/07)
Empresrios esperam melhoria nas vendas para o 2 semestre (20/07)
Pesquisa do Procon aponta gasolina comum com preo mdio de R$ 4,67 (20/07)
Novos semforos entram em funcionamento na Santana Borges (20/07)
Peirpolis recebe academia ao ar livre (20/07)
Arquidiocese promove evento para a formao de seminaristas (19/07)
Procon Regional apreende produtos em loja de material para construo (19/07)
Por causa de acidentes, Secretaria de Trnsito liga semforos na Santana Borges (19/07)
Projeto de escola rural local selecionado para prmio nacional (19/07)
ExpoCigra Cultural autorizado a captar recursos pela Lei Rouanet (19/07)
S 37% dos permissionrios de vans escolares se recadastraram at agora (19/07)
Praa Rui Barbosa ser interditada neste domingo (19/07)
Morre aos 52 anos o jornalista e ativista ambiental Carlos Sampaio Nogueira (18/07)
ABCZ lana programa de melhoramento gentico para carne e leite (18/07)
Nmero de empresas abertas no Tringulo Mineiro cresce 35% (18/07)
Crea-Minas realiza blitz de fiscalizao em obras da construo civil em Uberaba (18/07)
Homem condenado pelo uso de CRLV falsificado (18/07)
Pesquisa de preos de Pacotes Bancrios aponta diferena de 32% entre instituies (18/07)
Ponte sobre o ribeiro guas Emendadas recuperada pela Sagri (18/07)




San Marco - 13jul
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc acredita que o problema de emisso de Carteiras de Trabalho ser resolvido com o apoio do Sine Municipal, que passar a emitir o documento possivelmente ainda neste ano?




JM FORUM
Diante do crescente nmero de moradores de rua e com o fechamento do albergue municipal, a Seds lana nova etapa de poltica de resgate. Na sua opinio, como a situao de rua pode ser revertida em Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018