JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 14 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Cine São Luiz é arrematado por mais de R$ 1 milhão

Foi leiloado no dia 27 de outubro o prédio da Cia. Cinematográfica São Luiz. Imóvel foi arrematado por Antônio Assis Abdo, que desembolsou a bagatela de R$1.150.000

Última atualização: 30/11/2010 - 00:33:37.

Foi leiloado no dia 27 de outubro o prédio da Cia. Cinematográfica São Luiz. O imóvel foi arrematado por Antônio Assis Abdo, que desembolsou a bagatela de R$1.150.000 (um milhão cento e cinquenta mil reais). A penhora do edifício foi concedida a fim de pagamento de dívida trabalhista movida por um ex-funcionário da empresa.

O imóvel estava avaliado judicialmente em R$2.250.000 (dois milhões duzentos e cinquenta mil reais). O novo proprietário do edifício esperou a segunda chamada do leilão de praça para arrematar o prédio por um valor bem inferior ao estimado. O diretor da Secretaria da 1ª Vara da Justiça do Trabalho de Uberaba, Beethoven Nascimento de Souza, explica que a quantia oferecida pelo imóvel foi dividida em dez parcelas fixas de R$115 mil.

Porém, o comprador do edifício somente terá posse definitiva após a quitação da última parcela. “Quando for paga a última parcela, é expedida uma carta de arrematação. De posse deste documento, o novo proprietário poderá passar a escritura para o seu nome”, acrescenta Beethoven.

Beethoven diz ainda que o pagamento da primeira parcela já foi efetuado pelo comprador e que o valor de R$44.124 (quarenta e quatro mil cento e vinte e quatro reais), pedido pelo ex-funcionário, também foi pago, assim como a comissão de cinco por cento do leiloeiro responsável.

O restante do dinheiro ficará depositado em juízo para o pagamento de possíveis ações trabalhistas que a Cia. Cinematográfica São Luiz possa sofrer ao longo dos anos. A sede do Cine São Luiz está localizada no coração de Uberaba, a praça Rui Barbosa. Durante décadas o cinema foi referência em lazer e cultura na cidade.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia