Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
GERAL
Tamanho do texto: A A A A
08/02/2018

CCJ aprova regras para pagamento com cheque no comrcio

Compartilhar:

Avançou nesta quarta-feira (7) o PLC 124/2017, que estabelece regras para pagamentos com cheque no comércio. Conforme a proposta, aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o comerciante que se propuser a aceitar cheque como forma de pagamento somente poderá recusá-lo em duas situações: se o nome do emitente figurar em cadastro de serviço de proteção ao crédito ou se o consumidor não for o próprio emitente do cheque e titular da conta corrente.

O projeto prevê que o tempo de abertura de conta no banco não pode ser motivo de recusa pelo estabelecimento comercial.

Apresentado pelo deputado Vinícius Carvalho (PRB-SP), o projeto diz ainda que, o comerciante será obrigado a receber cheques se não houver no estabelecimento a informação clara e ostensiva indicando que tal modalidade de pagamento não é aceita no local.

Quem descumprir as normas ficará sujeito a sanções administrativas já previstas no artigo 56 e seguintes do Código de Defesa do Consumidor, que vão de multas a interdição do estabelecimento.

Uma das intenções do PLC 124/2017 é impedir que o consumidor seja discriminado, restringindo a possibilidade de recusa ao cliente. O relator, senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), concordou com a iniciativa. Segundo ele, são normas razoáveis e proporcionais.

— O projeto adequadamente veda a recusa do recebimento de cheque em razão do tempo mínimo de abertura de conta corrente, tendo em conta que essa informação não é relevante para fins de verificação da solvência do título — explicou.

A proposta ainda vai ser analisada pelas comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Transparência, Governança, Fiscalização, Controle e Defesa do Consumidor (CTFC).

Fonte: Agência Senado



OUTRAS NOTCIAS


Ministrio da Agricultura abre consulta pblica para normas de abate humanitrio (21/05)
OMS quer plano de cobertura de sade para 1 bilho de pessoas (21/05)
Convocados para reviso de benefcios do INSS tm at hoje (21) para agendar percia (21/05)
Minas Gerais cria 23.563 vagas com carteira assinada em abril (21/05)
Acordo sela parceria para promover destinos gay-friendly no Brasil (21/05)
Denatran suspende pagamento de multas com carto de crdito ou dbito (21/05)
Em protesto pelo aumento do diesel, caminhoneiros param diversas rodovias no pas (21/05)
Veja o que especialistas dizem sobre remoo de contedo na internet (21/05)
Avana na Cmara projeto que acaba com a revista ntima em presdios (21/05)
Pedidos de aposentadoria por telefone e internet comeam hoje (21/05)
Estudantes tm at quarta-feira para pagar taxa de inscrio no Enem (20/05)
Mega-Sena acumula, e prximo prmio pode chegar a R$ 6,5 milhes (20/05)
Produo de caf deve chegar a 58 milhes de sacas em 2018 (20/05)
Com alta do dlar, brasileiros devem optar por turismo interno (20/05)
Facebook condena ataques a agncias brasileiras de checagem de dados (20/05)
Tempo gasto em computadores afeta bem-estar de jovens, diz pesquisa (20/05)
Estudo aponta possibilidade de cura para a calvcie (20/05)
TCU suspense contrato do MS para autoteste do HIV (20/05)
Empresas devem ficar atentas aos cuidados com a sade do trabalhador (20/05)
Avanos na medicina diminuem impactos de sintomas nas mulheres com endometriose (20/05)




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018