JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 23 de abril de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Especialista ressalta a importância da vacinação contra a gripe nesta época do ano

A vacina é uma das medidas mais importantes de prevenção

- Por Letícia Morais Última atualização: 28/05/2017 - 19:56:09.

Foto Sandro Neves


Para Naiara Cabral, quem não faz parte do grupo de risco do SUS deve procurar a vacina particular

A vacinação é uma das medidas mais importantes de prevenção contra doenças, especialmente a gripe. Apesar disso, muitas pessoas têm receio de se vacinar porque afirmam que a imunização contra a gripe acarreta o aparecimento da doença. Entretanto, a médica responsável por serviço de imunização na cidade, Naiara Cabral, garante que isso é um mito, já que a dose é inativada, ou seja, feita com vírus mortos e sem capacidade de gerar a doença.
Segundo Naiara Cabral, o que pode acontecer é a pessoa ter entrado em contato com o vírus da gripe e, coincidentemente, desenvolver a doença, haja vista que a vacina demora de dez a 14 dias para gerar proteção. “As pessoas devem se vacinar o quanto antes, para que estejam protegidas no inverno, período de maior circulação do vírus”, explica. Ela diz, ainda, que a vacina contra a gripe é indicada para todas as pessoas a partir dos seis meses de idade. “Quem não faz parte do grupo de risco do SUS deve procurar a vacina nas clínicas particulares”, afirma.
Naiara Cabral lembra, ainda, que existem duas vacinas, a trivalente e a quadrivalente. A trivalente, oferecida pelo SUS, é composta por dois tipos de influenza A (H1N1 e H3N2) e um tipo de influenza B (causador da gripe comum). Já a quadrivalente, oferecida apenas nas clínicas particulares, é composta por dois tipos de influenza A e dois tipos de influenza B. Em razão disso, a médica indica a quadrivalente por oferecer uma proteção ampliada. “Por ser contraindicada para menores de seis meses de idade, é muito importante que todos da família se vacinem o quanto antes e, de preferência, com a quadrivalente, para que consigam gerar proteção indireta para essas crianças”, orienta. 

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia