JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 26 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

TJMG nega liberdade a acusado de homicídio em saída de festa

Acusado de ser autor do homicídio de Luís Fernando de Paula Lopes, vulgo Luizote, com três tiros em 2013, teve habeas corpus negado

- Por Thassiana Macedo Última atualização: 03/06/2016 - 23:59:08.

Acusado de ser autor do homicídio de Luís Fernando de Paula Lopes, de 22 anos, vulgo “Luizote”, com três tiros em outubro de 2013, teve habeas corpus negado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O crime teria ocorrido na saída de uma festa na chácara Vila Vitória, no Parque do Mirante. A motivação seria vingança, visto que a vítima estava com a ex-namorada do acusado.

Conforme depoimento de testemunhas, a vítima e sua namorada participavam da festa quando notaram a presença do antigo namorado da jovem, o vendedor R.G.B. A mulher contou aos policiais militares que na festa houve um atrito verbal entre os dois e, ao saírem para a rua, já fora da chácara, ela teria avisado para “Luizote” não ficar de costas para o ex-namorado, pois temia algo pior.

Momentos depois, o acusado teria ido em direção à vítima e efetuado vários disparos. A vítima ainda tentou correr, porém caiu no meio da rua. O acusado ainda voltou e deu mais um tiro. Após os disparos, o acusado fugiu na garupa de uma motocicleta pilotada por homem conhecido como “Negroide”. Segundo policiais militares, a vítima e autor foram investigados por envolvimento no homicídio de Eder dos Reis Ferreira, morto a tiros em 2009, quando aguardava atendimento na UPA São Benedito.

Em análise ao pedido de habeas corpus, feito pela defesa a fim de revogar a prisão preventiva do acusado, o desembargador relator Adilson Lamounier julgou acertada a fundamentação apresentada pelo juízo da 2ª Vara Criminal, que decretou a medida em razão da gravidade do crime.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia