Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 22/02/2018

 
ESPORTE
Tamanho do texto: A A A A
ESPORTE
22/02/2018

Compartilhar:



O Corinthians apresentou ontem seu time de futebol feminino, que disputará o Paulista e o Brasileiro nesta temporada. Após o fim da parceria com o Grêmio Osasco Audax, o Timão terá sua equipe própria em 2018 e oferecerá a mesma estrutura da base. 

Atualmente, a equipe feminina conta com 24 jogadoras, sendo 11 contratadas nesta temporada. O time próprio feminino é uma exigência do regulamento da Libertadores masculina - para um clube disputar a Libertadores, precisa ter uma equipe feminina a partir da próxima edição, em 2019.

As jogadoras Grazi e Alline Calandrini falaram com a imprensa. “Eu tive nove anos de Santos, conquistei tudo lá. Joguei também no Centro Olímpico, com essa mesma comissão. Um dos motivos de eu vir é por acreditar que eles tiram tudo da gente. O Santos conquistou tudo aos poucos, não tinha atenção, nem uniforme direito, até ser o Santos de hoje, que realmente é uma estrutura diferenciada, dificilmente algum clube dá uma estrutura daquelas. Eu saí por acreditar no que o Corinthians está propondo para a gente. Sem dúvida, será um ano diferente”, disse Alline.

“O fato de vestir essa camisa pelo terceiro ano consecutivo e estar com minhas companheiras é muito motivador. Apesar dos 22 anos de carreira, minha vontade diária é de estar com ela. Espero mais títulos. É meu terceiro ano vestindo essa camisa, não vejo diferença na qualidade. Não basta só qualidade, é um grupo, estamos tentando montar isso. Chegaram 11 jogadoras, foram bem recebias, é uma troca de experiência”, comentou Grazi.







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018