Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 16/07/2016

 
ESPORTE
Tamanho do texto: A A A A
ESPORTE
16/07/2016

Compartilhar:



 “Estou pronto. 100%”. A frase resume a ansiedade com que Ricardo Oliveira (36 anos) convive para voltar aos gramados o quanto antes, provavelmente hoje, diante da Ponta Preta, às 18h30, na Vila Belmiro. Foram mais de dois meses fora de atividade, por conta de uma lesão no joelho direito, que o impediu de atuar no Campeonato Brasileiro até o momento.

Sua última exibição, dia 8 de maio, foi decisiva e marcante. Foi dele o gol que deu ao Santos o título paulista, na vitória de 1 a 0 sobre o Audax. De lá para cá, porém, o goleador teve de se acostumar com uma rotina nada agradável para qualquer atleta, com muitos exercícios de fortalecimento, fisioterapia e recondicionamento físico. “Foi muito difícil ficar fora. Nem via os treinos para não sofrer mais ainda”, confessou o jogador.

Sobre o jogo de hoje, Ricardo Oliveira foi cauteloso. “Não sei se serei titular. Dorival vai decidir. Fico feliz por voltar, independentemente de qualquer coisa. Mas, tomara que eu entre. Ver de fora é doído. Dentro do campo posso fazer algo, fora é só torcer. Imagine a vontade que eu não vou estar em fazer um gol depois desse tempo todo me tratando?”, completou o atacante. 

 







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2019