Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 07/02/2018

 
ESPORTE
Tamanho do texto: A A A A
ESPORTE
07/02/2018

Compartilhar:



 

O goleiro Aranha entrou com ação na Justiça do Trabalho contra a Ponte Preta, cobrando, aproximadamente, R$5 milhões. O veterano, de 37 anos, exige o pagamento de verbas atrasadas e 100% dos valores que tem a receber até dezembro de 2019, quando se encerrará o vínculo.

No processo, Aranha explica que foi avisado de sua dispensa pelo site oficial do clube, em 2 de fevereiro. “Depois do Brasileirão, a Ponte não o chamou para se reapresentar e ele foi surpreendido com a notícia no site, dizendo que o contrato foi rescindido unilateralmente”, explica João Henrique Chiminazzo, advogado do goleiro. Além da cobrança dos R$5 milhões, o goleiro pede sua liberação no BID (Boletim Informativo Diário), para que tenha condição de atuar por outro time neste ano.

Aranha era o maior ídolo do torcedor no elenco rebaixado à Série B do Brasileiro, no ano passado. Além de campeão do Torneio do Interior, em 2009, ele foi duas vezes vice-campeão do Paulistão, em 2008 e 2017.







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018