Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 03/03/2018

 
CÁ ENTRE NÓS
Tamanho do texto: A A A A
C ENTRE NS
03/03/2018

Compartilhar:



 Sem desculpas
A Prefeitura de Uberaba não tem mais desculpas para justificar a demora na construção da Barragem da Prainha no Rio Uberaba, diante do anúncio de empenho dos recursos pelo ministro das Cidades, Alexandre Baldy. Seriam R$39 milhões, a ser usados ainda na construção de unidades escolares no Residencial Rio de Janeiro, Marajó e Girassóis.

De olho no voto
Nada melhor que ano eleitoral para que os políticos voltem às suas bases eleitorais e tentem aparecer para a população. Na passagem do ministro Alexandre Baldy por Uberaba, para anunciar recursos para escolas e reservação de água, os atuais deputados federais Aelton Freitas (PR), Caio Narcio (PSDB) e Marcos Montes (PSD) faziam questão de aparecer nas fotos e nas imagens de TV, inclusive fazendo postagens nas redes sociais.

Descabido
Visando a minimizar os efeitos da reforma trabalhista, o SindSaúde está pressionando os trabalhadores da Funepu a se filiarem ao sindicato. A alegação é de que os desfiliados não serão beneficiados pelos próximos acordos salariais, inclusive não receberão reajuste e aumento salarial. No entanto, a maioria não concorda em se filiar, pois teriam que fazer a contribuição mensal de associado.

Dissídio
No último ano, Funepu e SindSaúde não assinaram acordo coletivo de trabalho. A fundação ingressou com dissídio na Justiça do Trabalho. A pressão é tanta que o sindicato tem alegado que a Funepu terá que pagar multa, caso dê aumento salarial diretamente aos trabalhadores. Em reunião com a categoria, a fundação declarou que ninguém é obrigado a se filiar à entidade sindical, porque aguarda um posicionamento da Justiça para a concessão do reajuste salarial diretamente aos trabalhadores não sindicalizados.

É demais
Visando a fazer caixa, o governo municipal tem, a cada ano, beneficiado os maus pagadores em detrimento dos bons. Anualmente, tem lançado os programas de regularização fiscal. E nem começou 2018 e novo Refis foi aberto pelo prazo de 150 dias, com descontos de juros e multas de até 90%. Isso acaba estimulando os contribuintes a deixar de pagar em dia os impostos e contribuições municipais, para deixá-los em atraso, à espera das benesses fiscais.

Antenado
Observador da lida política relembra 2004 para dizer que mais nada surpreende. Ele não acha que seja “fogo amigo” o que está acontecendo no governo municipal, diante da reforma do secretariado, mas “aliados botando fogo”, preparando uma saída honrosa. Afinal, como se passou naquele ano, o vice é talhado para a missão. Ainda observa que, no cardápio, os projetos de envergadura envolvem ações políticas nos municípios do Triângulo e na região Oeste do Estado de São Paulo.

Marcando em cima
Por onde anda, o ex-candidato a vereador Ricardo Esquerdinha (MDB) anota as demandas e posta nas redes sociais. Desta vez, ele cobra dos assessores de bairros da prefeitura para que trabalhem pelo tapa-buracos nas ruas em todo o bairro Tita Resende. Também a avenida principal do bairro Jardim Belo Horizonte precisa do serviço. Já a avenida Mei Mei necessita que as alças de acesso recebam o tapa-buracos.

Opinião do leitor
Wesley Carvalho observa que vê propaganda espalhada em outdoors por toda cidade dos cursos de vestibulares enaltecendo a aprovação de alunos em universidades e faculdades de fora, sendo as de Uberaba preteridas em sua maioria. Somente mencionam a UFU, de Uberlândia, e outras instituições, o que ele considera um absurdo. No entendimento dele, a população uberabense deveria escolher instituições que valorizam as universidades locais, conceituosas em todo o país.

Cultura empreendedora
Ao longo da semana, o Sebrae e a Secretaria Municipal de Educação realizaram a 1ª etapa da capacitação dos professores que irão trabalhar a disciplina de empreendedorismo com os alunos em sala de aula. Em quatro anos já foram capacitados 150 educadores na cidade, para que eles atuem como agentes de formação e multiplicação junto aos futuros empreendedores. Com a aprovação de lei pela Câmara Municipal, o Programa de Educação Empreendedora, Cooperativista e Financeira passou a ser uma política de governo, com uma disciplina na rede municipal de ensino.

Foto/Divulgação


Capacitação dos professores está sendo feita pelos consultores do Sebrae

Ti-ti-ti
- Codau pagou R$115.776,47 em publicidade, entre os meses de outubro e dezembro do ano passado.
- No dia 24 acontecerá a assembleia da cooperativa Ubervan para prestação de contas e eleição dos conselheiros administrativos.
- Nos voos com mais de uma hora de duração, a Azul vai oferecer cerveja a seus passageiros, entre quarta e sexta-feira.
- TSE aprova o uso de nome social de candidatos nas campanhas e nas urnas nas eleições de outubro.

 







San Marco - 20jun
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Na sua opinio, como deveriam ficar os direitos polticos de parlamentares presos?





JM FORUM
A Lei Seca completou dez anos em junho. Na sua opinio, temos o que comemorar?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018