Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 18/01/2018

 
CRÔNICA DO DIA
Tamanho do texto: A A A A
CRNICA DO DIA
18/01/2018

Compartilhar:



 Cansaço? Sensação incômoda? Falta de energia? Cuidado!

Dezembro, janeiro, final e começo de ano são sinônimos de acúmulo de funções e de cansaço em excesso. A sensação para muitos é de excesso de cansaço, de desânimo, de esgotamento.

O planejamento de todos os eventos, a organização dos orçamentos, as obrigações familiares, profissionais e sociais sobrecarregam a rotina, esgotando qualquer um.

E as férias? Mesmo agradáveis e satisfatórias trazem fadiga.

De forma geral, são muitos compromissos para um tempo escasso e o resultado é cansaço.

Entretanto, se o cansaço continua além desse período acumulado de acontecimentos e compromissos, transformando-se em cansaço crônico, é importante e necessário estar atento para outros fatores provocadores desse cansaço: O déficit de micronutrientes, como carboidratos, gorduras e proteínas, provocado por dietas restritivas ou que favorecem algum grupo alimentar em detrimento de outro, levam ao cansaço e à indisposição. Interessa a ingestão de gorduras boas encontradas no abacate, azeite, linhaça, peixes de água fria e sementes. Flora intestinal desequilibrada também causa cansaço crônico. Uma pesquisa norueguesa revelou que 84% dos pacientes com síndrome do intestino irritável (conjunto de sintomas gastrointestinais sem causa explicável) apresentam cansaço crônico. Além disso, 71% têm fibromialgia, doença caracterizada por dores pelo corpo, além de estafa profunda. Desequilíbrios na flora intestinal fazem com que nutrientes não sejam absorvidos. Solução: optar por uma dieta com prebióticos (banana e cereais) e probióticos (iogurte e leite fermentado). Alterações hormonais... O hipotireoidismo, testosterona baixa e a falta de libido podem estar por trás do esgotamento crônico, quando acompanhados de inchaço, queda de cabelo, unhas quebradas ou depressão. A alteração é diagnosticada com exames de sangue e corrigida com reposição hormonal. O diagnóstico é feito caso a caso e a reposição apenas quando a deficiência é comprovada. Tempo e qualidade de sono reduzido provocam efeitos metabólicos maléficos ao organismo, inclusive cansaço crônico. Dormir de 7 a 9 horas por dia, evitar exercícios intensos à noite, manter o quarto escuro e fresco para dormir, afastar-se do computador, celular e da TV duas horas antes de ir para a cama e investir no triptofano (grão-de-bico e laticínios) para a construção de serotonina – o neurotransmissor associado ao bem-estar e ao sono são medidas comportamentais necessárias para resolver esse problema. Baixos níveis de vitaminas e minerais... Foi verificado em um estudo inglês que pessoas com cansaço ou fadiga crônica têm falta de vitaminas como a B6 (carne vermelha, peixes de água fria, batata-doce) e a B12 (proteína animal) e carência de magnésio (oleaginosas e sementes). Esses baixos níveis provocam inapetência e fraqueza. Atenção, veganos e vegetarianos! Alergia ou intolerância alimentar... Refeições ricas em açúcar e pobres em gordura geram picos de glicose e insulina, que a princípio dão energia, mas causam cansaço e fome após algumas horas. Essa oscilação produz substâncias inflamatórias no organismo, aumentando o risco de diversas doenças e provocando, ainda, baixa qualidade do sono, ansiedade, obesidade, diabetes, irritabilidade, falta de força de vontade, hipertensão e envelhecimento orgânico. A intolerância ao glúten, à lactose, ou as alergias podem afetar a parede do intestino, gerar inflamações e, como consequência, cansaço. Assim, é importante evitar alimentos processados.

Problemas na mente... Cansaço, desânimo, baixa autoestima, apetite alterado, pessimismo e perda de interesse e da capacidade de sentir prazer podem ser consequências da depressão – doença que dificulta a vida das pessoas, que sofrem para realizar suas atividades. Nesse contexto, o problema tem origem psíquica, mas pode afetar as funções motoras do indivíduo e influenciar no rendimento. É recomendada consulta psicológica ou psiquiátrica.

(*) Psicóloga Clínica
sandrasbabud@hotmail.com







San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018