Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 10/01/2018

 
CRÔNICA DO DIA
Tamanho do texto: A A A A
CRNICA DO DIA
10/01/2018

Compartilhar:



 Nestes dias me perguntaram:

“O quê esperar de 2018?”.

Minha resposta foi imediata, sem rodeios e direta:

“Você deve esperar nada deste ano”.

Imediatamente, o meu interlocutor mudou o semblante, fechou a cara e me perguntou, novamente: “Como assim, nada?”.

“Olha – disse a ele –, este ano não trará nada;

sua empresa venderá menos e as coisas tendem a piorar... A não ser que você faça alguma coisa!”

E continuei: “O mercado está cada vez mais recessivo; os clientes estão na defensiva na mesma proporção que querem comprar mais; a concorrência cada dia é maior, mais profissionalizada e mais agressiva; além do mercado eletrônico, que cresce a passos largos”. “Para ações iguais, resultados iguais; para ações inovadoras e ousadas, resultados surpreendentes”.

E finalizei: “Esta é a vibe!”.

Vibe é diminutivo de vibração, significa sintonia, energia. É algo subjetivo que agrada aos clientes, que, independentemente da idade ou condição social, querem algo diferente, algo que seja respeitoso, mas, ao mesmo tempo, arrojado e transformador.

A linha é esta para os novos tempos. O cliente quer solução, quer experiência. Com muita competência, mas na sua conveniência. Ou seja, tem clientes que querem ir até a loja física; então, ofereça a melhor experiência. Há outros que preferem escolher no conforto de casa; então, leve sua empresa para a web. 

Assim, fuja do antigo, saia do quadrado. 

Parta, literalmente, para o novo, mas sem abrir mão do respeito e da qualidade, pois onde há profissionalismo e competência, seguramente, haverá serviço de qualidade, experiência, satisfação e muitos negócios! 

(*) Palestrante, empresário e consultor em comércio varejista
www.fulvioferreira.com.br







San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018