Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Voc� est� visitando a Edi��o do dia 25/06/2016

 
REGINALDO LEITE
Tamanho do texto: A A A A
REGINALDO LEITE
25/06/2016

Compartilhar:



 Essa foi uma das corridas mais sem graça do campeonato. E o mais interessante é que a expectativa era de ser uma das melhores da Fórmula 1.
Quem assistiu ao GP 2, no sábado, imaginava que a corrida da F1 no domingo também seria muito boa. Ainda mais porque Lewis largaria em décimo. Tudo prometia. Mas, no domingo, o que vimos foi mais um desfile de Rosberg.

Novidade.
A pista era uma novidade para todos. Alguns pilotos não se entenderam com o traçado. As equipes estão acostumadas com o tradicional e quando aparece uma novidade os menos endinheirados se perdem.

Aquilo roxo. O melhor de tudo é que podemos ver quem se sobressaiu em situações onde há grande know-how e conhecimento técnico, ou seja, a telemetria atual. Quem tem coragem e arrojo se deu bem nesta etapa.

Dupla. E esses pilotos foram Perez e Kvyat. Os dois foram bem demais. Logicamente houve quem se deu mal pela estratégia equivocada de sua equipe. Como Kimi, onde a equipe italiana resolveu imitar os taurinos. Porém, não usou a mesma tática com  Vettel. Mais ou menos o mesmo lance da Espanha.
Kimi seguiu a tática de Verstappen e Vettel, a de Ricciardo.  Naquela, Vettel se deu mal e Kimi não, foi o segundo por não ter conseguido superar Verstappen.

O melhor. Kimi foi o que de melhor aconteceu nesta etapa. Não pelo seu desempenho na pista, mas por suas conversas com o engenheiro da equipe. Ele estava muito engraçado, principalmente quando pedia auxílio ao profissional, que respondeu que não poderia ajudá-lo. E retrucou: “Pode sim, você pode. É o mesmo problema da etapa passada”.

Na estrela. Lewis também sofreu por não saber resolver problemas de regulagens em seu volante. Neste ano, a turma do boxe não pode mais ensinar ou detalhar procedimentos para mudanças de mapeamento ou regulagens em geral. O piloto tem que se virar sozinho.

*E pela maneira que Raikkönen falou com seu engenheiro, aparentemente ele recebeu esse tipo de ajuda na etapa passada.

Respirando. Nico Rosberg conseguiu dominar seu rival nesta etapa. Depois de três corridas ruins, ele voltou a dominar. E o mais importante: aumentou sua vantagem na tabela. Vantagem essa que vinha caindo assustadoramente. A diferença agora é de 24 pontos.

Vergonhoso. Felipe Massa fez uma de suas piores apresentações desde que chegou na Williams. Desde o primeiro dia de treino, ele não demonstrava estar à vontade na pista. E Bottas o superou em todas as ocasiões. Porém, no Q3, Massa achou uma volta boa e largou na frente do companheiro. Mas na corrida nosso piloto só andou pra trás. Largou em quinto e chegou em décimo lugar.

O outro. Felipe Nash, ao contrário de seu xará brasileiro, fez uma ótima etapa diante do equipamento que tinha em mãos. Largou do décimo sexto posto e conseguiu chegar em décimo segundo. Seu companheiro de equipe largou em vigésimo e terminou em décimo sétimo.

Mudança. Neste final de semana acontecerá o GP da Holanda no Mundial de Motos. Essa pista é uma das melhores do calendário, faz parte do Mundial desde 1949 e sempre foi realizada aos sábados. Neste ano, a tradição será quebrada.

Programação do GP da Holanda – Motos
Moto 3 - 6h – SporTV
Moto 2 - 7h20 – SporTV
Moto GP- 9h – SporTV

Uma ótima semana!







San Marco
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Apesar de a PMU descartar surto de meningite na cidade, h aumento significativo no nmero de casos. A vacinao a forma mais eficaz de preveno. Voc est com a imunizao em dia?







JM FORUM
Aps pedidos de moradores e vereadores, o albergue municipal vai se mudar do Boa Vista para a av. Orlando R. Cunha. Na sua opinio, a mudana positiva?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018