Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 01/01/2017

 
TV-MIX
Tamanho do texto: A A A A
TV MIX
01/01/2017
Larissa Prata - lpciabotti@gmail.com

Compartilhar:



Por Larissa Prata Ciabotti

 

 Retrospectiva 2016

Que ano conturbado! Teve muita morte, separações de tirar o fôlego, o caso terrível envolvendo Ana Hickman e sua família, mas também muita alegria e fofura com nascimentos e muuuuuuito “meme”. A grande protagonista do ano, sem dúvidas, foi a internet. Ela não é mais coisa do futuro. É hoje. Agora. Está acontecendo! E deixou de ser a segunda tela para ditar as regras até mesmo para a primeira tela.

Deixaram saudade


O ano foi marcado por grandes perdas, sobretudo no mundo da música. Talvez a mais marcante no ano foi a morte trágica de Domingos Montagner, sugado pelo Velho Chico, deixando o protagonismo da novela das nove e o Brasil inteiro de luto; a trama também teve a perda de Umberto Magnani, que passou mal dois dias antes de gravar cenas da novela. Outro que deixou saudades foi o humorista Shaolin e perdemos o riso fácil na despedida do eterno Professor Girafales, Ruben Aguirre. O Brasil se despediu, ainda, de Guilherme Karam, Duda Ribeiro e Elke Maravilha, um dos grandes expoentes da televisão. Carrie Fisher, a princesa Léa de Star Wars, também foi uma perda marcante no fim do ano. Na música, o mundo amargou grandes perdas, a começar por David Bowie, um dos ícones da música mundial, que se despediu logo no início do ano. Em abril foi a vez de nos despedirmos de Prince, outro grande nome internacional. Para deixar a música mais enlutada, a última grande perda do ano foi George Michael, que morreu precocemente em pleno Natal.

 

  • Chorinho de neném

Em 2016 rolou um verdadeiro baby boom! Alguns papais de primeira viagem, como Sophie Charlotte e Daniel de Oliveira, Thais Fersoza e Michel Teló (e aquela delícia chamada Melinda?) e Adriana Sant'Anna e Rodrigão. Antônia Fontenelle e Johnatan da nova geração Costa também trouxeram ao mundo o fofo Salvatore; Tainá Müller passou um susto ao dar à luz em um parto prematuro a Martin, fruto de seu casamento com o diretor de TV Henrique Sauer. Paloma Duarte foi mãe pela terceira vez, o primeiro com Bruno Ferrari. Pitty, uma das grávidas mais bonitas que o Brasil já viu, também deu à luz Madalena, com Daniel Weksler. Em solo norte-americano, Bela Gil deu à luz Nino.
            
 

Não shippo!

2016 foi o ano das separações bombásticas! Além de Fátima Bernardes & William Bonner, um dos casais mais “margarina” entre as celebridades brasileiras, vimos desfazer Julia Rabello e Marcos Veras depois de doze anos de relação. O bafônico rompimento de Rayanne Morais e Douglas Sampaio, com dose extra de drama e idas à delegacia. Também vimos romper #JoLari, dos ídolos teen João Guilherme e Larissa Manoela – mas matamos a saudade com um beijo no capítulo final de Cúmplices de um Resgate. Quem anunciou separação, ainda, foi Paula Fernandes, do dentista Henrique do Valle, sob suspeita de traição. Thammy Miranda e Andressa Ferreira separaram, mas boatos dão conta de que estão mais juntas que nunca. Ticiane Pinheiro também entrou para o time das solteiras após ponto final no casamento com César Tralli. Um dos mais chocantes do ano em cenário internacional ficou por conta de #Brangelina, divórcio mais que conturbado de Brad Pitt e Angelina Jolie.

 

  • Os “memes”

Derrubar a internet é para os fortes. Terra de ninguém ou de todo mundo, como preferir, é lá o melhor termômetro para o que é ou não sucesso nas telinhas. E se existe que algo que definitivamente não deu certo foi Glória Pires como comentarista do Oscar. Que saudades de José Wilker! Se ela escorregou na função, é certeza que sucesso absoluto fez na internet. Sucesso em todas as telinhas é mesmo o #MasterChefBR, cuja hashtag está em quinto lugar no ranking do Twitter neste ano. Já pensou?! Superou BBB, que estava na décima posição. Olha eeeeela! Polêmicas sempre tomam conta dos trending topics. Tanto que os líderes do ano são #GameOfThrones e #TheWalkingDead, que não por acaso movimentaram, e muito, as redes sociais. Vale lembrar que a cena de sexo entre homens em Liberdade, Liberdade e a quebra de paradigmas não passaram despercebidas nas redes sociais. Mas, sem sombra de dúvidas, a estrela das redes sociais é a inesquecível Nazaré Tedesco, personagem de Renata Sorrah em Senhora do Destino – será mesmo que ela volta na próxima novela de Agnaldo Silva? #Ansiosos.
             
             

Os bafos

O que não faltou no ano foi bafão. Minha gente, que ano foi esse?! Como são muitos, vamos aos principais, a começar pelo assédio de Biel a uma repórter. O gato viu a carreira acabar com a falta de freio na linguinha nervosa, sem contar no rombo financeiro: R$4,4 mil doados a uma instituição de caridade. E o bafafá entre Luiza Brunet e Lírio Parisotto?! A modelo acusa o ex de violência doméstica e ele, por sua vez, devolve a ofensa, afirmando que apenas se defendeu de Luiza, sempre descontrolada no relacionamento. Novela interminável é a constante troca de farpas entre Wanessa e o pai, Zezé Di Camargo, tendo a esposa dele, Graciele Lacerda, no meio. Que deselegante! E o polêmico clipe de Kanye West com aquela gentaiada pelada?! Sem contar que na letra de Famous, o rapper fala que fez Taylor Swift famosa e a cantora rebateu, dizendo não aprovar o trecho com seu nome (a gente bem sabe que a treta deles é antiga). Para defender o maridão, Kim Kardashian expôs Taylor, divulgando conversas dela com West em que autoriza a utilização de seu nome. Queria mesmo era confete, “né nom”?! Por falar em Kanye, o gato surtou e precisou de um período sabático para se recuperar. 







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2019