Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Voc� est� visitando a Edi��o do dia 03/07/2009

 
PAULO BORGES
Tamanho do texto: A A A A
PAULO BORGES
03/07/2009
Paulo Fernando Borges - paulofernando1981@gmail.com

Compartilhar:



Tudo tem seu tempo e há tempo para tudo. É mais ou menos isso o que se lê nas Sagradas Escrituras, mais precisamente no Livro do Eclesiastes.
Ainda naquele texto, lê-se que existe um tempo para nascer e um tempo para morrer; tempo de derrubar e tempo de construir; de chorar e de rir; tempo de plantar e tempo para colher o que se plantou – gostei desse. Tem uma parte em que o autor do Livro escreve: “existe tempo de rasgar e tempo de costurar”. Em outra: “tempo de calar e tempo de falar; tempo de guerrear e tempo de viver em paz”.
Pois é, há um tempo para tudo. E, mesmo quem não crê na veracidade das Sagradas Escrituras sabe disso. Não se pode querer fazer tudo ao mesmo tempo. Não se deve – como bem lembra o provérbio – passar com o carro na frente dos bois. Se for assim, geralmente a coisa não funciona.
 
Tenho visto, mesmo de longe, já que não cubro mais o dia a dia do Uberaba Sport, que estes preceitos não têm sido seguidos por parte da diretoria do colorado. Ora, o Campeonato Brasileiro nem começou e algumas atitudes são tomadas como se a bola já estivesse rolando há muito tempo. Pergunto: P’ra quê?
Como temos tempo de derrubar e de construir, os momentos estão sendo invertidos. A atitude errônea de afastar a imprensa do time destrói elos antigos, e também aqueles que estão começando a ser estabelecidos.
 
Para o bem de todos, o fluxo de informações deve ser facilitado, e não o contrário. O clube nunca viveu um momento tão bom e transparente como o atual – tudo graças ao trabalho da diretoria, que tenta de todas as formas deixar suas atitudes evidenciadas da melhor forma possível e assim evitar falatórios, acusações e tantos outros problemas. A liberdade de expressão dos cronistas esportivos também deve ser respeitada, assim como a opinião dos torcedores. Se o cara achar que está tudo ruim e escrever isso de forma séria e responsável, bom para o clube que, admitindo possíveis erros, só tem a crescer. Caso contrário – se o cronista estiver errado – melhor ainda para o clube, que mostrará que está seguindo pelo caminho certo.
Que o Uberaba Sport é grande, todos sabem. A grandeza do clube se contrasta, às vezes, com atitudes pequenas, tolas até. Claro que a organização é sempre bem vinda, mas convenhamos que escolher quem vai dar entrevista, sendo que o número de veículos de comunicação nem é tão grande, é no mínimo estranho. Pelo que bem me lembro, nunca houve confusão no quesito entrevista após os treinos. Pelo contrário.
 
Acredito que essa união entre imprensa e Uberaba Sport é mais benéfica para o clube. Por isso, é bom que a Assessoria de Imprensa do USC observe a questão com muito carinho. Notícias serão publicadas nos jornais impressos e divulgadas na TV e rádio, com ou sem o consentimento do clube. Porém, quando a negação de informações prevalece, tudo parece mais vago e o torcedor fica sem tomar conhecimento do que se passa no seu time do coração. União: essa é a palavra e o tempo é agora.






Boulevard Mall Edson Prata - novo
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Durante o inverno, normalmente as aes de combate ao Aedes aegypti perdem fora. Voc continua fazendo a sua parte?







JM FORUM
Durante o inverno, normalmente as aes de combate ao Aedes aegypti perdem fora. Voc continua fazendo a sua parte?Uberaba est de volta ao Mapa de Turismo de Minas Gerais. Na sua opinio, a conquista trar benefcios ao municpio?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017