Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 22/12/2017

 
FALANDO SRIO
Tamanho do texto: A A A A
FALANDO SRIO
22/12/2017
Wellington Cardoso Ramos - wellingtoncardoso@terra.com.br

Compartilhar:



 Delações
Três advogados já teriam acertado os termos de delação premiada com o MP em Uberlândia, no contexto da prisão de dezenas de policiais civis na terça-feira.

Presos
Eles estão no grupo de profissionais do Direito também presos e nem um é de Uberaba.

Os termos
Um deles devolveria R$200 mil aos cofres públicos e deixaria de advogar por dois anos, enquanto outro pagaria R$50 mil e ficaria suspenso por quatro anos.

Obstrução
Os sete advogados presos (um de Uberaba) são acusados de obstrução da Justiça.

Mandado
Empresário uberabense que, colaborando com policiais investigados, guardou caminhão com maconha até descobrir o que era a carga, também teve prisão decretada.

Foragido
Não encontrado por ocasião da operação do Gaeco, está foragido.

Reação
Ainda que sem assinatura, circula nas redes sociais correspondência da Superintendência de Investigações da PC, que simboliza reação ao episódio de terça-feira.

Ordem
É determinado aos chefes de Departamentos e servidores que comuniquem imediatamente qualquer abuso de autoridade verificado durante a operação do MP.

Objetivo
Das informações surgirá relatório a ser enviado a diferentes órgãos, incluída a Procuradoria Geral de Justiça.

Sacramentado
Unipac investe em Uberaba, adquirindo área e instalações que abrigaram o Colégio Osvaldo Cruz por mais de 50 anos.

Transferência
Diz seu diretor-geral, Emiliano Furtado, que para o imóvel da rua Afonso Rato serão transferidos os cursos de suas duas unidades já a partir de fevereiro.

Marca
Imóvel foi adquirido dos herdeiros do professor Alexandre Saad, que encerraram as atividades do COC, mas mantêm a marca em poder da família.

Novidades
Ao MEC, a Unipac vai requerer autorização para o funcionamento de dois a três novos cursos superiores.

E continua
O crime organizado continua atormentando a região. Quarta-feira foi em Serra do Salitre, no Alto Paranaíba.

Cerco
Bandidos cercaram o quartel da PM e outros pontos estratégicos e trocaram tiros com policiais militares, ferindo um sargento nos braços.

Tiroteio
Por 15 minutos, a quadrilha fez disparos de fuzil na cidade.

Explosões
Depois de explodirem caixas eletrônicos, o grupo fugiu em direção a Campos Altos, a 210km de Uberaba.

Comboio
A própria Polícia Civil se encarregou de transportar para Belo Horizonte, sob escolta da instituição, os policiais presos pelo Gaeco na terça-feira, no Triângulo.

Na bronca
Advogados de Uberaba e Uberlândia reclamam das dificuldades encontradas para saber do que seus clientes presos na terça-feira são acusados.

Burocracia
Para ter acesso ao processo, eles têm de requerer e aguardar a manifestação do Ministério Público.

E mais
Os juízes que decretaram as prisões preventivas e os promotores do Gaeco entraram de férias, aumentando as dificuldades de advogados e presos.

Na rua
Investigado pelo assalto a caminhão dos Correios na BR-262, em agosto, Leonardo Miguel de Lacerda foi posto em liberdade provisória pela Justiça Federal.

Libertado
Outro libertado (pela Justiça Estadual), e velho conhecido das polícias, é Michael Douglas (Zé Pequeno). Em ambos os casos com a intervenção do criminalista Tiago Juvêncio.

Nas alturas
Uberabense consultou ontem pela manhã o preço de passagens da Azul para esta sexta-feira, ida e volta para BH, e quase caiu das pernas: R$2.077.

Aplausos
Aplaudidíssima a delegada Laís Fernanda na cerimônia em que recebeu título de cidadania uberabense.

Promovido
Confirmada a promoção do delegado Cezar Felipe a chefe do Departamento da PC sediado em Patos de Minas.

“Cabeça”
Recentemente, a prefeita Ciça e outros políticos de Frutal haviam pedido a “cabeça” do policial, que, a exemplo do que fizera em Araxá, prendeu vereadores por corrupção.

Desacordo
Dificilmente Ricardo Saud conseguirá o restabelecimento do acordo de delação premiada que fez com a Procuradoria-Geral da República, e suspenso a pedido da própria PGR.

Reforço
A procuradora-geral Raquel Dodge reforçou esta semana o pedido ao STF pelo desacordo, o que aumenta a vulnerabilidade jurídica do uberabense.

Mais pontos
Aprovado pela Câmara Federal projeto que aumenta de 20 para 40 os pontos necessários para a suspensão da CNH de caminhoneiro, dependendo da gravidade das infrações.

No Senado
Matéria vai agora à votação no Senado.







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2019