Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Voc� est� visitando a Edi��o do dia 03/07/2009

 
FALANDO SRIO
Tamanho do texto: A A A A
FALANDO SRIO
03/07/2009
Wellington Cardoso Ramos - wellingtoncardoso@terra.com.br

Compartilhar:



Conhecidos artistas integrantes da Fundação Cultural e “esquecidos” há algum tempo por aquela Casa estão de volta à linha de frente. Rodrigo Mateus convidou o músico Lucas Pedroso, os artistas plásticos Hélio Ademir Siqueira, Paulo Miranda e Rosalina Cardoso e ainda o artesão Aguimar Luís para reforçarem o Departamento Cultural da FCU, agora dirigido por Antônio Carlos Marques.
 
Banco é condenado. Por ter lançado indevidamente – no banco de dados do Detran – gravame de alienação fiduciária de veículo do controlador de voo uberabense Danilo, o HSBC terá de pagar indenização por danos morais. Ação foi assinada pelo advogado François Ramos e a indenização fixada em R$ 4 mil. O advogado, também professor da Facthus, pediu ainda o enquadramento do HSBC por litigância de má-fé.
 
Privilégio de banco. Em sua defesa, o HSBC não considerou ter havido prejuízos para o dono do veículo, mas apenas “mero aborrecimento”. A Justiça não entendeu assim. No episódio chama a atenção à liberdade com que bancos incluem informações de seu interesse em prontuário de veículo controlado pelo Detran, à revelia da outra parte.
 
Amadorismo no crime. Ladrões que assaltaram residência no Jardim São Bento, dominando os moradores e fugindo com aparelhos eletrônicos, joias e outros objetos, não foram nada espertos no desfecho da ação criminosa. Além de ser presos algumas semanas depois, trataram como brinquedo de criança colar avaliado em R$ 27 mil. Pensaram que fosse bijuteria. Colar foi encontrado pela PM misturado a brinquedos.
 
Reformulação da Jari. Depois de anos de mandatos exercidos pelas mesmas pessoas, a Junta Administrativa de Recursos de Infrações de Trânsito está sendo reformulada. Um dos três nomes da nova composição é o do chefe do Departamento de Polícia Civil, José Paulino, que foi um dos secretários de Trânsito de Anderson. A Jari tem total independência nas suas deliberações e de suas decisões cabem recursos apenas ao Conselho Estadual de Trânsito.
 
Alívio. Por considerar que o mais importante para a sociedade já está sendo feito – estancar as contratações irregulares e assegurar a realização de concursos públicos –, o promotor José Carlos Fernandes está retirando ações por ele protocoladas contra agentes públicos. Vão se livrar de ações judiciais já iniciadas Anderson, Marcos Montes, secretários municipais e outros prefeitos da região.
 
Interrogação. Ministério Público Federal receberá a qualquer momento o seguinte questionamento: é legalmente possível médico ser contratado por 20h, assinar outro vínculo como professor para mais 40h e ainda atender em seu próprio consultório?
Segundo o questionador, existem exemplos em Uberaba.
 
Blitze. Guarda Municipal está intensificando as blitze de trânsito, que o secretário Ricardo Sarmento considera parte da rotina a ser observada na fiscalização do setor. Mais de 30% dos veículos emplacados em Uberaba circulam irregularmente.
 
Suplência. Na nova composição da Jari, o também delegado Joaquim Pedersen, titular da Delegacia de Trânsito, será o suplente de José Paulino.
 
Exclusão. A segunda Junta Administrativa de Recursos, inativa já há alguns anos, está sendo oficialmente excluída do contexto. Não terá integrantes designados.
 
Mal estar. Pegou mal a escolha do orador que representou os homenageados com a medalha Chico Xavier sem que houvesse consulta a todos os distinguidos com a honraria da Câmara de Vereadores. Não se trata de restrição àquele que discursou por todos, mas, pelo menos para alguns, deveria ter sido dada a oportunidade para que todo o grupo se manifestasse.
 
Preferência. Muitos gostariam de ter ouvido o médium Carlos Baccelli, igualmente homenageado, autor de inúmeros livros espírita-doutrinários e profundo conhecedor da história de Chico Xavier, com quem conviveu.
Baccelli é considerado um dos maiores oradores espíritas brasileiros, requisitado para palestras em todo o País.
 
Octopus. Operação de fiscalização deflagrada sobre os postos de combustíveis pelo Ministério Público, Secretaria de Estado da Fazenda e Polícia Militar, em Belo Horizonte, não dá sinais de que chegará a Uberaba. Ação envolve até mesmo segmento do MP voltado para o combate ao crime organizado.
 
Criatividade. Ao recorrer a esses profissionais, Rodrigo formata equipe criativa e de segmentos culturais diversificados.
         
Gravidade. Delegada Maria José Martins faz consulta ao Detran/MG. Ela quer que o Departamento esclareça em instrução normativa o que será considerado acidente grave para fins de aplicação das sanções criadas por resolução do Denatran ao motorista seu causador.
Na ausência da normatização, a policial recorrerá aos critérios previstos no Código Penal para a definição da gravidade de lesão corporal.
 
Pedofilia. Tema começa a ser discutido pela Câmara de Vereadores, em sessões abertas, com a seriedade que merece. Os casos identificados desse tipo de crime têm aumentado em Uberaba, sabendo-se que a pedofilia é também uma forma de comércio, em que vídeo de criança sendo violentada chega a ser vendido por até US$ 1 mil. As discussões no Legislativo começam na próxima 4ª feira, estimuladas pelo vereador Afrânio Lara, policial civil.
 
“Mesmo a melhor das cobras é uma cobra.”






EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Publicado decreto de n 1.083/2017, que tem durao de 30 dias, que vai multar quem desperdiar gua em Uberaba. Voc concorda com a medida?




JM FORUM
Operao do Comando de Operaes Especiais do Sistema Prisional (Cope) na penitenciria Professor Aluzio Igncio de Oliveira visa coibir atuao do PCC na unidade. Na sua opinio, a atuao se faz necessria e eficaz?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017