Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
FALANDO SÉRIOInferno
Tamanho do texto: A A A A
FALANDO SÉRIO
01/10/2014
Wellington Cardoso Ramos - wellingtoncardoso@terra.com.br

Compartilhar:



 Tempo perdido
Seis anos depois do episódio, tempo e dinheiro desperdiçados pelo Estado com a apuração e tramitação do inquérito, o Ministério Público pede o arquivamento da investigação sobre a entrada de aparelho celular na penitenciária.

Sem autoria
O inquérito atribuiu a detento a propriedade do aparelho, com base em afirmações de agentes penitenciários. O MP entendeu, porém, que inexistiam provas quanto a isso, diante da negativa do acusado de que tivesse confessado o delito.

Para arquivo
Promotor Laércio Conceição está sugerindo também o arquivamento de inquérito aberto para apurar furto ocorrido na rua das Camélias/bairro de Lourdes, em 2008. Apesar da citação de dois suspeitos pela vítima, nada foi apurado.

Simples assim
Além da vítima não ter comparecido à delegacia quando solicitado, o ex-amásio suspeito de parte do furto negou tudo e a sobrinha, também apontada por autoria, não atendeu às intimações para depor. E ficou o dito pelo não dito.

Furto de energia
Na mesma esteira está furto de energia elétrica denunciado pela Cemig, igualmente em 2008. Diz o MP que o inquérito ficou todo esse tempo com a PC sem que se chegasse ao responsável pelo delito verificado na rua Frei Martin Bennet.

Carências
Em sua manifestação, o promotor Laércio atribuiu a conclusão do inquérito – sem autoria – às carências da Polícia Civil. Tanto as materiais quanto as de pessoal, passando por aqueles registradas no setor de perícias.

Crítica
Representante do Ministério Público lamenta as condições em que se encontra o sistema de segurança pública no Estado, cobrando providências para que a situação não se perpetue e que os inquéritos de fatos presentes não sejam os problemas do futuro.

Agora?
Em meio ao processo eleitoral, o governo do Estado envia projeto de lei à Assembleia Legislativa propondo redução da alíquota de ICMS para o etanol. De 19% para 14%.

Contrapartida
Mas, como nada sai de graça, o Estado propõe que o ICMS sobre a gasolina aumente de 27% para 29%. Tudo isso a partir do ano que vem.

Boca amarga
Pesquisas de opinião impublicáveis por falta de registro estão amargando a boca de muita gente.

Causa própria
Delegados de polícia mineiros têm reunião programada para hoje com Fernando Pimentel. Curiosamente, o encontro será no comitê central do candidato ao governo do Estado.

Fecha campanha
Candidato a vice de Pimentel, o deputado Toninho Andrade, e o postulante a cadeira no Senado Josué (Alencar) voltam ao Triângulo para fechar a campanha coordenada por Paulo Piau na metade da região.

Disparando
Aproximando-se a hora da onça beber água, Pimentel vai se distanciando da concorrência. Segundo o Vox Populi, o petista está com 41% das intenções de voto contra 18% do “tucano” Pimenta da Veiga. Na pesquisa Datafolha, Pimentel tem 45% contra 25%.

Reação
E de acordo com o mesmo Datafolha, Aécio Neves reage na corrida presidencial chegando aos 20% das intenções de voto contra 25% de Marina, em queda. Dilma está com 40%.

No 1º turno
Como em Minas, em São Paulo a eleição pode ficar definida no primeiro turno. Lá, Geraldo Alckmin está com 45% contra 19% de Paulo Skaf, diz pesquisa ontem divulgada pelo Ibope.

Senado
Na corrida por cadeira no Senado, em Minas, o ex-governador Anastasia está com 46% e Josué, 23%.

Recuperado
Sem bateria, caminhão com carga de cavaletes promocionais de Tony Carlos, furtado de domingo para segunda-feira, foi encontrado ontem em área conhecida por seu uso para “despachos”. Deputado fez questão de cumprimentar as polícias pela pronta intervenção.

Luto
Autor do Hino do Cruzeiro, feito em 1965 e selecionado em concurso da Rádio Inconfidência, Jadir Ambrósio morreu ontem, em BH, aos 91 anos. Famoso na boêmia mineira, nos anos 50 e 60, Ambrósio não era compositor de uma única música. Fez outras, gravadas por Luiz Gonzaga e Agnaldo Timóteo.

Faltou quórum
Na falta de quórum para a votação, a Assembleia Legislativa se limitou ontem a discutir a PEC com que o governo mineiro pretende efetivar professores não concursados, muitos deles lotados em Uberaba. Falta de quórum tem explicação: muitos deputados em campanha.

Meio ambiente
Frigorífico Boi Bravo apresenta documentação ao Estado para obter licenciamento ambiental, que, no seu caso, não é de responsabilidade do município.

Esqueletos
Surgem mais duas dívidas da Fumesu, a fundação que perdeu o Cesube para a Faculdade de Ciências Econômicas há quatro anos. A Justiça Trabalhista determinou à Prefeitura o pagamento de mais de R$80 mil a dois ex-professores da instituição.

“No Brasil, quem tem ética parece anormal.”
(Mário Covas)







Lateral superir Giovanna
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

Banner blog mais bella
ENQUETE
Se Marina Silva e Dilma Rousseff forem realmente para o segundo turno, quem você acha que o senador Aécio deveria apoiar:




JM FORUM
Com mais de 20 meses de mandato, você acha que o Prefeito Paulo Piau deveria mudar algum secretário? Em qual secretaria estão os maiores problemas do prefeito?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2014
CMIDIA