Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 18/01/2018

 
FALANDO SÉRIO
Tamanho do texto: A A A A
FALANDO SRIO
18/01/2018
Wellington Cardoso Ramos - wellingtoncardoso@terra.com.br

Compartilhar:



 Redatora interina-Marilu Teixeira 
marilu@jmonline.com.br

Alerta vermelho
Contribuinte que imprimiu boleto em estabelecimento comercial no centro da cidade para pagar o IPTU quase fica sem o dinheiro. Cliente do Banco do Brasil, ele se dirigiu ao caixa eletrônico da agência no bairro Abadia para fazer o débito. Até aí tudo normal...

Fraude?
Quando acessou o sistema para fazer o pagamento com leitura de código de barras, o boleto, que foi emitido via Caixa Econômica Federal, remetia o pagamento ao banco Santander.

Desconfiado
Como já havia feito outro pagamento de IPTU, sem problemas, o contribuinte fez uma nova tentativa, mas o pagamento estava sendo encaminhado para o outro banco. Sem entender e meio desconfiado, procurou atendimento no caixa físico, que também não conseguiu efetuar o pagamento.

Credenciado
Bancário alertou o contribuinte para suspeita de fraude e ainda solicitou cópia do boleto para averiguação. A orientação foi no sentido de buscar a Prefeitura ou um ponto de emissão de guia de pagamento credenciado pela PMU para evitar cair em golpes.

Alívio
Contribuinte saiu do banco irritado pelo não-pagamento do boleto, mas aliviado por não ter perdido seus mais de R$1 mil, caso tivesse confirmado o débito no caixa eletrônico. Ô loco!

Esperto
Esse é apenas um caso. Mas, caixa do banco disse já ter ouvido relatos sobre sites falsos que estão imprimindo boletos do IPTU. Se isso realmente estiver acontecendo, vai ser um Deus nos acuda quando contribuintes descobrirem que, mesmo após o pagamento, continuam em débito com a Prefeitura. É melhor ficar esperto.

Bina
Leitor do JM, Nilson Oliveira pergunta se o Corpo de Bombeiros não tem “bina” em seus telefones. Ao ler matéria sobre trotes, na edição de ontem, lembra que estamos na era da informática e, com ela, fica mais fácil pegar os malandros de plantão.

Folgados
Outro leitor está indignado com aglomeração de carros por volta de 17h na avenida Santos Dumont. Motoristas param em fila dupla, sentido centro-bairro, na porta de academia. Hora para deixar alunos, hora para um bate-papo. Além do caos no trânsito, ele anota infrações, como conversão proibida.

Nariz
“Esperamos alguma providência das autoridades municipais e/ou militares.
Afinal, de que adianta ficarmos indignados com a política no país, se não olham para o próprio nariz?!”, diz o leitor, indignado.

Doutor
Promotor de Justiça Carlos Alberto Valera defendeu e obteve o título de doutor em Agronomia (Ciência do Solo) pela Faculdade de Ciências Agronômicas e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista (Unesp/FCAV), campus de Jaboticabal.

Multi
Iniciativa da universidade possibilitou uma discussão multi e interdisciplinar, que acabou redundando na criação do Grupo Polus – Grupo de Política de Uso de Solo.

Subsídios
Grupo vai ajudar a fornecer subsídios técnicos e jurídicos ao poder público para que possam ser editadas leis e traçadas políticas públicas eficazes.

Tapera
Ontem, um dos mais glamorosos clubes de Uberaba. Hoje, um patrimônio a caminho para virar tapera. Esse é o destino do Clube Sírio Libanês, que recentemente sofreu incêndio que tem tudo para ser de natureza criminosa.

Revirando
Os baluartes da colônia árabe que, no passado, empenharam todas as suas forças para construir o clube devem estar se revirando em seus caixões diante de tanto desleixo das gerações atuais.

“Adjetivos”
Na outra ponta, o franco e irreverente arquiteto Germano Gultzgoff, autor do projeto de arquitetura do clube, não só revira em sua cova, como também, se pudesse, aos brados, soltaria adjetivos que o leitor não precisa saber. E com razão.

Surto
Se Uberaba corre risco de epidemia de dengue e São Paulo sofre com a febre amarela, Caldas Novas, em Goiás, está sendo atingida por surto de conjuntivite. Conhecida por suas fontes termais e destino turístico do Brasil inteiro, Caldas está em estado de alerta, já reconhecido pela Secretaria de Saúde Municipal.

Em família
Nas redes sociais, internautas relatam casos de conjuntivite contraídos na cidade. Brasiliense conta que toda a sua família, de seis pessoas, incluindo crianças de 2 e 7 anos, pegou a doença viral.

Exemplo
A partir de agora, Infraero vai utilizar copos reutilizáveis, em acrílico, em substituição aos descartáveis utilizados diariamente na sede da empresa, em Brasília. Medida visa minimizar a produção de resíduos e diminuir os gastos. Iniciativa deveria ser seguida por órgãos públicos que “trabalham” com o dinheiro do povo.

Muso
Uberaba está mesmo em todas. DJ EME, Márcio de Nascimento, que é da terrinha, está fazendo maior sucesso Brasil afora. Seu cachê, que já foi de até R$500, hoje não é menos de R$12 mil por apresentação. Virou “muso” das músicas eletrônicas e vai até participar de “Malhação”. Não é mole, não...

 


Com 26 anos, DJ EME tem arrancado suspiros por onde passa e, para alegria das “mina”, está solteiro, “graças a Deus!”, como ele mesmo diz







San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018