Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 03/03/2018

 
FALANDO SÉRIO
Tamanho do texto: A A A A
FALANDO SRIO
03/03/2018
Wellington Cardoso Ramos - wellingtoncardoso@terra.com.br

Compartilhar:



Falando Sério

Investigada
Suspeita de sérios desvios de conduta, escrivã da Polícia Civil está afastada de suas atividades e é investigada há pelo menos quatro meses.

Vai longe
Se não bastasse o inquérito já instaurado, a policial também deverá responder a outros a serem formalizados.

Mistura perigosa
Promotor Laércio Conceição ofereceu treze denúncias criminais contra uberabenses flagrados dirigindo sob o efeito de álcool.

Rixa
Uma rixa entre organizações criminosas foi a causa do assassinato de Júlio César da Silva, em fevereiro de 2016, em borracharia da avenida Abílio Borges.

Disparos
Júlio, integrante de grupo rival do PCC, recebeu 16 tiros de Reny Amaral Castro Alves, segundo denúncia do MP formalizada esta semana.

Parceiro
No mesmo episódio foi denunciado Djalma Luís Soares Sobrinho (Gonha).

Condenação
Por tráfico de drogas, Danilo dos Santos Silva foi condenado a cinco anos de prisão e multa de cerca de R$40 mil.

Recurso
Ministério Público está recorrendo, pleiteando o agravamento da pena.

Lucro
Em suas alegações, a promotoria recorre a cálculos feitos pela Polícia Civil de que a droga apreendida renderia R$7,4 mil, se comercializada nas ruas.

Crise
Fabricante do biscoito Nabisco, em Piracicaba, e de halls, em Bauru, a Mondelez Brasil anunciou ontem o fechamento das duas unidades até o fim do ano.

Demissões
As produções serão concentradas em Curitiba e Vitória de Santo Antão e haverá a demissão de 1.827 trabalhadores.

Pois é!
Em nome das “prerrogativas da advocacia”, a OAB tem impedido que o Tribunal de Contas da União investigue escritórios beneficiados por Orlando Diniz, da Fecomércio.

Preso
Preso sob acusação de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro, Diniz, à frente do sistema S no Rio, gastou R$180 milhões com bancas de advogados.

Cerco
Promotora Cláudia Marques quer minuciosa investigação sobre o quase “abandono” pela família de idosos em asilos improvisados e até clandestinos.

Proliferando
Nos últimos anos, asilos nessas condições proliferaram em Uberaba.

Sob suspeita
Funcionando irregularmente, estabelecimento de ensino pode ter situação desaguando no Ministério Público.

Falsidade
Recomendado por órgão público a ouvir seus alunos sobre determinado tema, a escola teria “fabricado” a reunião, segundo áudio que rola em grupos de WhatsApp.

Sem alvará
Escola tem funcionado sem alvará.

Silêncio
Estado optou pelo silêncio na denúncia de que falta alimentação aos internos do Centro Socioeducativo (de menores infratores).

Clandestinos
Motoristas que transportam passageiros com o uso de aplicativos serão considerados clandestinos se não atenderem à regulamentação aprovada pelo Congresso.

Profissionais
Como a coluna já informou, o exercício da atividade somente poderá ser feito por motorista profissional, inscrito no INSS como autônomo e no ISS.

Segurança
Anúncio do novo Ministério da Segurança Pública, de liberação de R$42 bilhões para os Estados, vem no contexto do “PAC contra a violência”, proposto por Piau.

“Formiguinha”
Ao estilo “formiguinha”, propostas do gênero foram levadas formalmente ao ex-ministro da Justiça, José Cardozo, e ao atual, Torquato Jardim.

Reincidência
Condenado em 1ª instância a 22 anos de prisão por assassinato, em 2008, Kayo Rodrigo de Jesus volta a ser denunciado à Justiça, agora por roubo.

O caso
Segundo a denúncia do promotor Laércio, Kayo teria ido à residência de homem que conhecera dias antes e roubado cartões de crédito, cheques e dinheiro.

Crueldade
Acompanhado por cúmplice não identificado, o acusado teria, também, agredido sua vítima, obrigando-a a tomar substância tóxica utilizada para matar ratos.

No histórico
A condenação anterior de Kayo foi por latrocínio que vitimou dentista uberabense, também em companhia de outro homem, condenado aqui e absolvido no TJ.

Reprimenda
Sentença de condenação da dupla, de autoria do juiz Ricardo Motta, trouxe reprimenda a padre, acusado de mentir em juízo para proteger um dos acusados.

Sequência
Os dois delitos aconteceram com diferença de menos de um ano entre um e outro.

Despesa
STF vai gastar R$9,5 milhões com a contratação de empresa que fornecerá à Corte 236 trabalhadores para serviços de recepção, telefonista e outras atividades.

 







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018