Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 01/03/2018

 
FALANDO SÉRIO
Tamanho do texto: A A A A
FALANDO SRIO
01/03/2018
Wellington Cardoso Ramos - wellingtoncardoso@terra.com.br

Compartilhar:



 Falta comida
Estaria faltando alimentação aos internos do Centro Socioeducativo de Uberaba, mantido pelo Estado para abrigar menores infratores.

Sem café
Ontem não teria sido servido o café da manhã e haveria apenas arroz branco para o almoço.

Atraso
Empresa contratada para fornecer a alimentação dos internos não estaria recebendo do Estado com pontualidade, segundo servidor.

Dificuldade
A exemplo da penitenciária, direção do centro não tem autorização de BH para falar com a imprensa.

Condenação
A CVC foi condenada pela juíza Bianca Brito do Amaral a pagar indenização a casal uberabense, em ação patrocinada pelo advogado Leandro Correa Ribeiro.

Vacinas
Casal foi impedido de embarcar para viagem em comemoração ao primeiro ano de casamento por não ter se vacinado (febre amarela e tríplice viral).

Sem aviso
Uberabenses não haviam sido avisados pela CVC da necessidade das vacinas para entrarem na Colômbia e ainda tiveram de desembolsar mais quase R$5 mil.

Danos
Como o pleiteado pelo advogado, a juíza sentenciou a empresa de viagens a indenizar o casal por danos materiais e morais.

Recurso
Ministério Público recorre ao TJ contra a absolvição de uberabense envolvendo em acidente de trânsito com vítima fatal.

Indenização
Além da condenação por homicídio, promotor pede que J.J.O.S. pague indenização de cerca de R$100 mil aos herdeiros da vítima.

Demissões
As cinquenta demissões da Bagfértil ainda rendem denúncias ao Stiquifar e alguns dos demitidos contratam advogados.

Reclamações
Trabalhadores reclamam verbas rescisórias e salários atrasados.

Conquistas
Apesar das demissões no setor, incluídas as setenta e cinco na Vale/Mosaic, o Stiquifar tem somado algumas conquistas nas negociações coletivas.

100 por cento
Estão sendo mantidos avanços anteriores e conseguidos até 100% do INPC nos acordos salariais.

Cortesia
Desembargador Doorgal Andrada passou pelo gabinete de Marcos Montes na Câmara, terça-feira.

Aplicativos
Câmara dos Deputados votou ontem o projeto que trata do uso de aplicativos no transporte individual de passageiros e manteve a competência de regulamentação do município.

Exclusividade
Continua com os municípios a competência exclusiva de regulamentar e fiscalizar o serviço.

Autorização
Os deputados excluíram, porém, a necessidade de autorização emitida pelas Prefeituras para os motoristas dos aplicativos, onde houver regulamentação.

Flagrante
Na prisão em flagrante, em casa, de traficante de drogas é dispensável mandado de busca, decide turma do STJ.

Cheiro
No caso, policiais invadiram a residência ao sentir cheiro de maconha.

Flagrância
Entende a turma do Superior Tribunal de Justiça que o tráfico é delito de natureza permanente, ficando o acusado em estado de flagrância. Isso ainda vai render discussão.

Fim de cessão
Em Conceição das Alagoas, o promotor Rodrigo Lionel Barbosa recomendou à Prefeitura que cesse o empréstimo de servidores contratados a hospital local.

Concurso
Recomendação veio na esteira de ação que apurou a admissão irregular de servidores (sem concurso).

Outra ação
O Ministério Público também está requerendo à Justiça a decretação da inconstitucionalidade de lei municipal aprovada pela Câmara de Conceição.

Técnicos
Promotor vê ilegalidade no texto que promoveu o reenquadramento de auxiliares de enfermagem em técnicos de enfermagem.

Morte na estrada
Leonardo Cesar Costa Barbosa foi denunciado por homicídio decorrente de acidente de trânsito ocorrido na avenida Filomena Cartafina.

Imprudência
Denúncia firmada pelo promotor Laércio Conceição diz que o caminhoneiro adentrou a rodovia, saindo do acesso à Baixa, sem respeitar o “pare”.

Velocidade
Pela rodovia trafegava o também caminhoneiro José Benedito Fernandes, em velocidade incompatível, e que, na colisão, perdeu a vida, segundo a denúncia.

Peso do lucro
Promotor Laércio vem postulando ao Judiciário que a lucratividade do acusado seja levada em consideração na fixação da pena por tráfico de drogas.

Compensa
Segundo ele, é preciso usar a pena como fator de desestímulo à prática da rentável atividade ilícita e danosa à sociedade.







San Marco - 20jun
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Na sua opinio, como deveriam ficar os direitos polticos de parlamentares presos?





JM FORUM
A Lei Seca completou dez anos em junho. Na sua opinio, temos o que comemorar?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018