Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
FALANDO SÉRIO
Tamanho do texto: A A A A
FALANDO SRIO
12/12/2017
Wellington Cardoso Ramos - wellingtoncardoso@terra.com.br

Compartilhar:


OUTRAS COLUNAS



De peso
Juiz federal Élcio Arruda arrancou aplausos de policiais e líderes comunitários ao fazer abordagem crítica no seminário de Segurança Pública, nesta segunda-feira,

Vida real
Disse ele que o juiz não pode ficar preso à frieza da lei, mas entender o que as polícias enfrentam nas ruas, afirmação que arrancou os primeiros aplausos.

De perto
Acrescentou Arruda ser preciso que o Judiciário saia dos gabinetes.

Demora
“Um mandado de prisão ou de busca não pode esperar três dias para ser despachado” – sentenciou, sob aplausos.

Contramão
Sem se referir a qualquer segmento, e depois de frisar que não se defende polícia arbitrária, o juiz criticou a visão segundo a qual “apenas infratores têm direitos”.

Sintonia
A falta de sintonia entre polícia, MP e Judiciário foi igualmente criticada pelo magistrado, que a considera prejudicial aos objetivos de todos.

Para todos
Juiz federal também lamentou a ausência de atores da segurança pública, incluídos alguns delegados, no encontro desta 2ª feira.

Mais críticas
Também os presidentes do Conselho Comunitário Rural e do Sindicato Rural criticaram o Judiciário.

Ausentes
Patrícia Santa Fé afirmou que “os juízes não participam de reuniões de conselhos (comunitários)”, enquanto Romeu Borges foi um pouco além.

Ser ouvido
Segundo o ruralista, “juízes e promotores precisam ir às reuniões; nós queremos ser ouvidos e ouvi-los”.

Carta
Membro do Acorda Uberaba, o maçom professor Maurício Ferreira citou que, em 2010, a Maçonaria produziu a Carta de Uberaba para a área de segurança.

Sem resposta
Carta foi enviada a todos os órgãos e, sete anos depois, nenhum deles deu retorno – lamentou.

Indignação
O comandante do 4º Batalhão relatou no seminário a indignação dos policiais com a presença nas ruas de criminosos presos por mais de uma vez.

PCC
Um dos casos emblemáticos é de integrante da cúpula do PCC nacional preso no ano passado, que voltou às ruas em janeiro e foi novamente detido nos últimos dias.

Maconha
O tenente-coronel Waldimir colocou Uberaba como consumidora de muita droga e citou o caso de universitário que atraiu atenções na escola ao comer bolo de maconha.

Existe, sim
Ele acrescentou que “fechar os olhos não significa a inexistência do crime organizado na cidade, e segurança pública é responsabilidade de todos”.

Facilidades
Comandante criticou as facilidades que os uberabenses oferecem aos criminosos, ao deixarem carros destrancados, e até com chave na ignição, em via pública.

No bolso
Além de condenados a penas de prisão, quatro homens, acusados de contrabando e receptação de cigarros, sentirão os efeitos da sentença da Justiça Federal no bolso.

Tributos
Dois deles terão de pagar R$ 1 milhão 375 mil pelos tributos sonegados e os demais, R$ 1 milhão 197 mil.

Prisão
Wendell Beirigo Souza Silva, Willian José Alves e Fernando Mortene pegaram 4 anos e 10 dias.

Pena maior
Já Danilo Augusto de Oliveira Silva foi condenado a 7 anos e 4 meses.

Presos
Os quatro estão presos e, segundo a sentença, não podem recorrer em liberdade.

Mais tarde
A partir desta 4ª feira, o comércio de rua estará funcionando até às 19h e estenderá o horário até às 18h no sábado, abrindo no domingo das 10h às 16h.

Na bronca
Advogada foi advertida ainda, no Fórum de Uberlândia, de que, a partir de hoje, não mais poderia entrar ali vestida como estava.

Porta-voz
Advertência feita por segurança, e que a deixou atordoada, sem entender a razão, disse a colega.

Ordens
Segundo ela, a justificativa foi que são ordens do juiz não permitir a entrada no prédio de mulheres com decote, no seu caso, representado por uma blusinha com alças.

Vai enfrentar
Na mensagem a que FALANDO SÉRIO teve acesso, advogada afirmou que não se calará diante do que considera retrocesso e desrespeito à mulher.

Futebol
Na capital do Estado, onde recebe prêmio pelas atividades da Funel em 2017, Luiz Medina costura Uberaba como sede de um dos grupos da Taça BH de Juniores.

Turismo
Fundado por saudosa dona Aparecida “do Pênfigo”, o Lar da Caridade é um dos pontos turísticos de Uberaba, atraindo, em média, dezenas de visitantes mensalmente.

Mais essa!
CCJ da Câmara aprovou ontem projeto que permite o trânsito de motos entre veículos em fila, desde que o fluxo esteja parado ou muito lento. PL vai agora ao Senado.

 

 







EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Passaredo cancelou as operaes em Uberaba, pouco tempo aps anunciar novas rotas. Voc acredita que a cidade ser atendida por outra companhia area?






JM FORUM
A PMU est realizando a manuteno das principais vias atingidas pelas chuvas. Na sua opinio, onde mais falta ateno extra da equipe do #Multiao, projeto de manuteno viria da PMU?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017