Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 26/01/2018

 
ALTERNATIVA
Tamanho do texto: A A A A
ALTERNATIVA
26/01/2018

Compartilhar:



 
Ex-presidente da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, o querido Mário Salvador será homenageado pelo Shopping Uberaba às 17h de hoje, no encerramento das gincanas infantis que fazem parte da programação de férias. Com a ajuda da garotada, ele vai plantar uma árvore e receberá uma medalha em reconhecimento ao seu talento de comunicador infantil, que tanto sucesso fez nas décadas de 70 e 80, quando mantinha uma página infantil no JM (Hora do Recreio) e comandava um programa de televisão na extinta TV Uberaba. Merecida muito merecida!


Que demora!
Como a Prefeitura não atendeu ao ofício do final do ano passado, o promotor Carlos Valera reiterou ontem a requisição de documentos a respeito da área escolhida pelo Município para o cemitério-parque de Uberaba. No novo ofício, o representante do MP dá 10 dias de prazo para serem apresentados laudos de sondagem e periciais para comprovar que a área escolhida para o futuro campo santo cumpre integralmente os requisitos legais referentes ao Meio Ambiente.

Por um triz
Segundo consta, a Prefeitura não apresentou os documentos requisitados pelo Ministério Público por uma única razão: não tem nenhum dos laudos exigidos. Se confirmar essa informação – ainda extraoficial – a área escolhida para o futuro cemitério está por um fio. Não será surpresa se o Município tiver de revogar os decretos que definiram a área do pecuarista Renato Caetano para sediar o novo campo santo. A conferir.

Impeditivo
Defensores de outras áreas para a localização do cemitério-parque veem uma série de obstáculos à validação da área definida pelo Município. Além dos problemas ambientais já citados inúmeras vezes nesta coluna, há outro igualmente intransponível. Isso porque a área escolhida se encontra encravada numa estrada municipal, o que é proibido por lei.

E a Gol?
Secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, José Renato Gomes, vê chances, sim, de conseguir sinal verde da Gol para incluir Uberaba numa rota a partir do aeroporto da Pampulha. Já solicitou, inclusive, reunião com a diretoria da empresa área para tratar do assunto.

Palavra dada
Em agosto de 2015, o secretário José Renato Gomes e o prefeito Paulo Piau foram recebidos pela diretoria da Gol, em São Paulo. Na oportunidade, ofereceram o aeroporto local para operar voos da companhia, ampliando a oferta aos passageiros de toda a região. Obtiveram promessa de que Uberaba poderia ser contemplada com voo, quando a Gol conseguisse outorga para operar no aeroporto da Pampulha (BH). Já conseguiu. Agora é cobrar o cumprimento da promessa da Gol.

Agora vai
Convenção do PDT em Uberaba e cidades da região foi remarcada para 23 de março. Presidente da sigla no município, o advogado Jacob Estevam revela que já tem confirmação da presença do presidenciável Ciro Gomes. Além de Uberaba, Ciro estará em Uberlândia, Araxá e Ituiutaba na vinda ao Triângulo. Na comitiva pedetistas estão também o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, deputados federais Mário Heringer e subtenente Gonzaga, Sirley Soalheiro (presidente estadual do PDT) e Manoel Dias, que foi ministro do Trabalho no governo Dilma Rousseff.

Risco alto
Com a volta às aulas e carnaval, movimento na Rodoviária tende a aumentar nos próximos dias. Mas as condições de segurança lá continuam precárias. São mendigos e usuários de drogas dormindo nos bancos do Terminal, abordando passageiros (às vezes com agressividade) e nenhum controle de entrada e saída de pessoas. Como o prédio é muito aberto, fica extremamente vulnerável, colocando os passageiros em risco permanente. Um absurdo a situação da nossa Rodoviária. Por certo as autoridades estão esperando acontecer uma tragédia ali para depois tomarem alguma providência.

Cartão de visitas
Quem já viu a rodoviária da vizinha Franca, no interior de São Paulo, certamente tem parâmetros para compará-la com a de Uberaba. Lá é tudo muito limpo, organizado e, principalmente, transmite a sensação de segurança aos seus usuários. É um cartão de visitas da cidade. Pena que Uberaba não possa dizer o mesmo, porque a Rodoviária local é um horror.

Novos escritórios
Um sucesso: a Caixa de Assistência dos Advogados (CAA Vanguarda) já vai inaugurar a 3ª unidade dos Escritórios Compartilhados, em Belo Horizonte, nesta segunda-feira. A iniciativa deu tão certo, que o presidente Sérgio Murilo Braga ampliou a oferta de salas para advogados do interior terem onde trabalhar quando precisam atuar nos tribunais, na capital. A 3ª unidade do Centro de Excelência Jurídica (CEJUR), está localizada bem em frente ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), na Avenida Afonso Pena, nº 4.028, bairro Cruzeiro.

Visão empreendedora
É preciso tirar o chapéu para a visão empreendedora do presidente Sérgio Murilo Braga. Para se ter uma ideia, essa terceira unidade do CEJUR contará com três pavimentos, totalizando 1 mil m², dotado de rede wi-fi, acessibilidade, escritórios equipados, salas de reunião, salas de treinamento e cursos, estações individuais de trabalho e espaço de convivência para o networking entre os profissionais. Além de servirem aos advogados do interior em trânsito em BH, os escritórios compartilhados podem ser usados por advogados da capital, dada a sua localização, conforto e praticidade.

 







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018