Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Voc� est� visitando a Edi��o do dia 11/05/2010

 
ALTERNATIVA
Tamanho do texto: A A A A
ALTERNATIVA
11/05/2010

Compartilhar:



Pegando fogo. Entrevista concedida pelo deputado federal Narcio Rodrigues ao JM, no domingo, deu o maior bafafá. Tudo por conta da análise que ele fez sobre as articulações em torno da formação da chapa do PSDB ao governo de Minas. O deputado federal Marcos Montes (DEM), um dos nomes cotados para a dobradinha com o tucano Antonio Anastasia, discordou de Narcio. “Há uma premissa básica para o projeto político do governo Aécio/Anastasia, independente dos partidos e pessoas, que é vencer as eleições. Estas serão extremamente equilibradas, pois os adversários principais, o PMDB e o PT, têm colocado grandes nomes da política mineira na disputa”, avaliou Marcos Montes. O parlamentar democrata entende que primeiro deverá ser resolvida a chapa presidencial, reconhecendo que há uma possibilidade de o ex-governador Aécio Neves ser vice de Serra. “A vaga de vice-governador na chapa encabeçada pelo governador Anastasia é uma discussão que ficará para depois da formatação da chapa presidencial. E, quando isto acontecer, no mês de junho, com certeza, a decisão será baseada em uma conjectura de situações que certamente estará longe das questões pessoais”, disse Montes.
 
Especulações e articulações. Em relação às especulações em torno do seu nome para ser o vice de Anastasia, Marcos Montes repetiu o que disse em entrevista à Rádio JM, semana passada. “Sinto-me honrado”, mas frisou que seu caminho natural é buscar a reeleição como deputado federal. “O caminho do vice não passa pela vontade pessoal de ninguém, mas sim por algumas situações como a questão partidária e a questão regional. Eu acredito que o Triângulo tem o direito legítimo de pleitear esta vaga e que para Uberaba seria um reconhecimento à nossa gente. Neste momento feliz do ‘Ficha Limpa’, a escola do vice passa ainda pela questão da probidade dos candidatos. E aí posso assegurar que o meu nome está bem colocado”, rebateu MM.
 
Falta de unidade. O tucano Narcio Rodrigues “cutucou onça com vara curta” na entrevista ao JM de domingo. Para Marcos Montes, “falar de falta de unidade dentro do DEM mineiro é querer atropelar o processo. O que o DEM pleiteia na fase atual é a garantia da composição com o PSDB na chapa majoritária”.
 
Cartão vermelho – Precisa voltar para a autoescola o motorista do ônibus nº 6140, placas 1767, que fechou o trânsito da rua Jaime Bilharinho, na esquina com a avenida Leopoldino de Oliveira, às 14h do dia 4. Não satisfeito, parou fora da baia, atrapalhando o trânsito no quarteirão seguinte, no ponto de ônibus do Shopping Lenza.
 
Por edital - No processo conhecido como o “escândalo do concurso público de Delta”, o promotor de Justiça José Carlos Fernandes, que atua no caso, optou por citar os réus por edital. São mais de 200...
 
A perder de vista. Com sentença condenatória confirmada pelo Tribunal de Justiça, o ex-prefeito de Sacramento Nobuhiro Karashima terá de prestar assistência médica (profissão dele) num asilo da cidade durante um ano e oito meses e pagar uma multa no valor de R$ 5 mil, valor este que foi dividido em 20 parcelas. A condenação, neste caso, decorreu da contratação irregular de pessoas, no período em que foi prefeito. Biro responde a outro processo, desta feita criminal, em que é acusado de ter assassinado a ex-namorada.
 
Mau olhado - Nota 10 para o DNA que a Band levou ao ar na noite de domingo! Entrevistado por André Azevedo, o presidenciável José Serra revelou fatos inusitados e surpreendentes. Entre outras coisas, confessou que acredita em mau olhado. Da mãe, disse ter herdado a insistência quase obsessiva, e do pai, a disciplina e a honestidade. Nossa Band marcou um golaço com a programação local exibida na noite de domingo. Podia fazer assim toda semana!
 
Fonte segura - Fato interessante, ainda, foi a revelação de Serra no programa DNA: na sua casa, como não tinha livros nem televisão, ele lia jornais velhos que o pai levava para casa, depois da feira. Foi através dos jornais que ele ficou conhecendo o mundo.
 
De mudança. Defensoria Pública em Uberaba será desfalcada no fim deste mês com a transferência do conceituado defensor Marcelo Furtado de Mendonça para o Timor-Leste. Mediante acordo de cooperação entre os governos brasileiro e daquele país, com a chancela da ONU, Marcelo e outro defensor público mineiro ficarão naquele país por um ano, ajudando a implantar lá um sistema judiciário autônomo. O Timor-Leste se tornou independente em agosto de 1999, mas até hoje adota Código Civil da Indonésia, país do qual foi província por muitos anos.






Boulevard
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
J esto em vigor as novas determinaes da Anac, que permitem s companhias areas cobrar pelo despacho de bagagem. Na sua opinio, a medida afastar os viajantes?





JM FORUM
Na semana que marca a luta antimanicomial, quais bandeiras devem ser levantadas junto ao poder pblico para garantir melhorias aos pacientes em Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017