Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 07/03/2018

 
ALTERNATIVA
Tamanho do texto: A A A A
ALTERNATIVA
07/03/2018

Compartilhar:



Será daqui?
Ao que tudo indica, o Triângulo Mineiro poderá entrar na composição que busca ganhar o governo de Minas. Segundo fonte de Belo Horizonte, o ex-governador Antonio Anastasia está coordenando o projeto que visa a montar a chapa majoritária de oposição ao governo Pimentel, incluindo as duas vagas ao Senado Federal. Ainda segundo a mesma fonte, o prefeito Paulo Piau foi o primeiro nome a ser procurado, mas ele abriu mão para completar o seu mandato como prefeito. Com uma das vagas oferecidas à região, o nome que desponta agora é o do deputado federal Marcos Montes. Resta saber em qual posição...

Tabuleiro de xadrez
A tentativa de união das forças de oposição ao governo do PT em Minas também passa por Rodrigo Pacheco, do MDB, que também sonha com o governo de Minas, embora seja um ilustre desconhecido da maioria esmagadora dos eleitores triangulinos. Porém, caso se confirme o nome de Pacheco para cabeça de chapa ou vice, estará aberto o caminho para Anastasia ser vice de Geraldo Alckmin, numa eventual chapa pura tucana na disputa pela Presidência da República, o que uniria os tucanos das várias correntes do partido e daria ao governador de São Paulo um palanque forte em Minas Gerais.

Panela de pressão
O senador Anastasia está sendo muito pressionado para ir à disputa pelo governo de Minas, como essa coluna já noticiou. Ele se esquiva, alegando preferir continuar no Senado, onde tem mais quatro anos de mandato pela frente. Mas, segundo consta, poderia topar ser vice de Alckmin. Isso se o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, não entrar no páreo para dobradinha com o presidenciável tucano, como também tem sido cogitado.

E Lacerda? - Outro que já esteve em Uberaba por duas vezes nos últimos tempos é Márcio Lacerda (PSB). Na aparição pública, esteve com as principais lideranças locais. Já o que pouca gente sabe é que ele voltou para uma conversa mais reservada com as lideranças locais, o que inclui Piau e MM. Com Piau, a conversa terminou em uma churrascaria da cidade. Lacerda também pode vir a compor a chapa majoritária de oposição ao governo Pimentel. Caso unidos PSDB, MDB e PSB, com certeza atrairiam outros partidos na maior frente partidária dos últimos tempos no Estado.

Articulações -
Mas nem só Marcos Montes está na ordem do dia na corrida eleitoral para a sucessão majoritária em Minas. A campanha do governador Fernando Pimentel à reeleição também está sendo costurada por um político daqui e também ex-prefeito de Uberaba. Anderson Adauto tem corrido a região em busca de apoio político, mas, segundo consta, vem enfrentando a rejeição dos prefeitos ao nome do atual governador. Não poderia ser diferente, já que na conta de Pimentel está a série de calotes que seu governo tem dado nas prefeituras, retendo IPVA e ICMS.

Novas regras
Foi publicado na edição de sábado do “Minas Gerais” o novo decreto que atualiza procedimentos ambientais e desburocratiza processos de licenciamento e fiscalização ambiental no Estado. Entre outras mudanças consta a possibilidade de o interessado obter autorização para instalação e operação de atividades ou empreendimentos feitos com cadastro eletrônico ou pela apresentação do Relatório Ambiental Simplificado (RAS), quando a atividade for considerada de pequeno potencial poluidor. Além disso, fica autorizada a licença ambiental concomitante, englobando duas ou mais fases do licenciamento de uma vez.

Golpes em série
Uberaba está virando uma terra perigosa demais. Não bastassem os assaltos, homicídios, acidentes de trânsito, agora aparecem golpes em série. É o caso, por exemplo, de um ambulante que vende panelas, em calçada próxima à praça Carlos Gomes. Ele aceita pagamento em cartão, mas é pura fachada. Na verdade, quem comprou panela descobriu ter caído num golpe, pois teve o cartão clonado e agora enfrenta uma tremenda dor de cabeça.

Promessa vã
Malandros se passando por agentes de zoonoses já não enganam mais. Porém, elementos que trajam uniforme cinza semelhante ao da Cemig têm se oferecido para “consertar o relógio” e reduzir a conta de energia elétrica. Escolhem geralmente vítimas idosas e as levam na conversa até conseguir entrar na casa para furtar. A “sorte” é que os malandros não usam arma, nem violência, apenas o papo-furado para enganar as vítimas.

Prata da casa
O engenheiro civil Walmir Januário tomou posse no cargo de diretor administrativo e financeiro do Crea-MG. Nas mãos do uberabense estará a gestão de um orçamento da ordem de R$94 milhões.

Novo comando
Nova diretoria do IEATM toma posse depois de amanhã, às 21h, no Afrânio Buffet. Eleiçon Mariano passa a presidência do Instituto a Gilberto Machado Barata, eleito para o biênio 2018/2019.

Perdeu, perdeu
Por cinco votos a zero, a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça negou nesta terça-feira o habeas corpus preventivo que pretendia evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, assim que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região julgar os recursos interpostos pela defesa. Lula foi condenado em segunda instância a 12 anos e um mês por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá.







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018