Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Voc� est� visitando a Edi��o do dia 03/07/2009

 
ALTERNATIVA
Tamanho do texto: A A A A
ALTERNATIVA
03/07/2009

Compartilhar:



Como medida de economia, o presidente da Câmara, Lourival dos Santos, decidiu que entre 13 e 30 de julho, período de recesso legislativo, será reduzido o horário de atendimento ao público. As sessões ordinárias acontecem de 6 a 8 de julho, sendo que a partir do dia 13, segunda-feira, a Câmara vai atuar em meio expediente, das 12h às 18h. O horário especial termina no dia 31 de julho, portanto, na segunda-feira, dia 3 de agosto, o expediente normal será retomado. Segundo Lourival, a medida integra o choque de gestão que visa a atingir economia mensal da ordem de 10% do duodécimo, cerca de R$ 105 mil mensais.  Novas medidas, entre elas o fim da cessão de oito servidores para o Psiu (do Estado), devem ser anunciadas nas próximas semanas.
 
Participação. A coordenadora de eventos do Shopping Uberaba, Camila Marcela Amaral Pires, integra a missão empresarial promovida pelo Sebrae e Convention & Visitors Bureau no 4º Salão do Turismo, que acontece no Parque Anhembi, em São Paulo. A missão integra o projeto “Turismo de Negócios e Eventos”, comandado pelo Convention e Sebrae, com apoio da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba (Aciu).
 
Criatividade do mal. A cada dia os marginais inventam novas fórmulas para driblar a segurança pública e particular. E são criativos, abrem mão de mecanismos para fazer frente inclusive às tecnologias implementadas. Ontem mesmo ocorrência registrada no bairro Estados Unidos, em empresa de materiais de construção, demonstrou isto. O alarme da empresa não disparou porque os ladrões utilizaram um tipo de spray com tinta para isolar o sensor. Ao comerciante o prejuízo de R$ 20 mil. Eu estou assustada com a quantidade também de furtos e roubos na cidade. Mas a PM garante que a curva é descendente.
 
Alô, Dnit! Leitor Alexandre Moreira reclama, com toda a razão, do matagal que está tomando conta da divisão das pistas da BR-050, no trecho Uberaba-Uberlândia. A situação de desleixo vem aumentar o perigo para quem transita pelo local, onde, não raramente, animais atravessam a pista. Infelizmente, é cada vez mais precária a manutenção daquele trecho.
 
Troca. Professor Raul Vargas deixa a direção do curso de Comunicação Social da Uniube, após anos na função. A motivação foram assuntos familiares que exigiriam seu retorno à Colômbia. Seu sucessor é André Azevedo, o “André Cabelo”.
 
Pipocando. Pelo jeito, a insatisfação é geral na educação municipal. Bastaram as notas de ontem sobre a não-aplicação da Avaliação Sistêmica e falta de professores para pipocarem telefonemas e e-mails à colunista. Diretores – que evidentemente não podem ter os nomes revelados – confirmam informação quanto à insatisfação do segmento com os salários pagos, alegando que o combinado não está sendo cumprido. Também é certa a intenção do fechamento de escolas à noite para contenção de gastos e para propiciar remanejamento de professores, disponíveis em número insuficiente hoje para atender à demanda. Outro comentário – ainda a ser confirmado – dá conta de que livros do MEC para o ano letivo de 2010 já escolhidos pelas escolas podem ser trocados administrativamente por material do sistema Positivo. O pessoal do pedagógico não está gostando nada do tititi envolvendo esta questão. Consideram que, no mínimo, quem atua diretamente na ação didático-pedagógica deveria ter autonomia para indicar o material didático. Procedendo a informação, me resta concordar com professores, supervisores e diretores. Se não iriam acatar a opção, que não fizessem a consulta.
 
Baderna geral. Mais uma vez, a imprensa nacional cumpre seu papel de ponte entre a sociedade e o Poder. O Ministério Público Federal, por sua vez, não deixa passar em branco as denúncias formuladas pela mídia abrindo investigações sobre as decisões administrativas irregulares. No caso do Senado, tudo veio à tona em junho, via “O Estado de São Paulo”, sendo novas matérias também desencadeadas pela “Folha”. No desenrolar dos fatos, dá nojo assistir ao peso do jogo. E ainda tentam garantir que neste País há independência entre os poderes. A declaração do presidente Lula, ainda no exterior, deixou muito claro sobre quem dá as cartas. Claro que a interferência sempre existiu, mas nunca foi tão escancarada como agora. De outra banda, a gente teve que aturar o deputado do castelo, Edmar Moreira, na telinha dos nossos aparelhos de TV com aquela cara de “estou certo que está tudo certo para o meu lado”. E teve a absolvição. Se fraudar contrato para justificar o uso de verba pública e apresentar notas irregulares de empresas próprias para liberar dinheiro não for falta grave eu, realmente, não sei mais o que é grave e nem o que ensinar aos meus filhos. E pensar que o cidadão comum por atrasar o IPVA tem seu carro retido, que por atrasar fatura de concessionária pública tem a luz ou a água cortada. É ridículo, é vergonhoso, é triste e de se indignar! Ainda bem que tem o Timão. Salve o Corinthians! É o que nos resta... assistir ao futebol na Globo e torcer para o time preferido.
 
Irreal. Não tivesseconfirmado junto à Cemig, por certo não acreditaria em relato de cidadão trabalhador braçal que ganha pouco mais de um salário mínimomensal. A Cemig só parcela débitos a partir de R$ 279. O leitor conta que com uma fatura em atraso e outra por vencer nos próximos dias recebeu aviso de corte e buscou renegociar. Ficou desesperado ao ser informado pela Cemig de que não poderia porque o valor mínimo da dívida deve ser de R$ 279. Se forem R$ 278, nada feito!






Boulevard Mall Edson Prata - novo
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Dois acidentes com vtima fatal em uma semana na BR-262 trouxeram tona velha reivindicao dos moradores do entorno sobre passarela entre os bairros Gameleiras 3 e Valim de Melo. Na sua opinio, ela resolveria o problema?




JM FORUM
Recente aprovao de lei que libera a venda de emagrecedores e inibidores de apetite gera polmica. Mesmo sendo boa opo ao tratamento contra a obesidade, alguns especialistas apontam os riscos potenciais de dependncia e males cardiovasculares, entre outros. Qual a sua opinio sobre o assunto?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017