Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Voc� est� visitando a Edi��o do dia 03/07/2009

 
ALTERNATIVA
Tamanho do texto: A A A A
ALTERNATIVA
03/07/2009

Compartilhar:



Como medida de economia, o presidente da Câmara, Lourival dos Santos, decidiu que entre 13 e 30 de julho, período de recesso legislativo, será reduzido o horário de atendimento ao público. As sessões ordinárias acontecem de 6 a 8 de julho, sendo que a partir do dia 13, segunda-feira, a Câmara vai atuar em meio expediente, das 12h às 18h. O horário especial termina no dia 31 de julho, portanto, na segunda-feira, dia 3 de agosto, o expediente normal será retomado. Segundo Lourival, a medida integra o choque de gestão que visa a atingir economia mensal da ordem de 10% do duodécimo, cerca de R$ 105 mil mensais.  Novas medidas, entre elas o fim da cessão de oito servidores para o Psiu (do Estado), devem ser anunciadas nas próximas semanas.
 
Participação. A coordenadora de eventos do Shopping Uberaba, Camila Marcela Amaral Pires, integra a missão empresarial promovida pelo Sebrae e Convention & Visitors Bureau no 4º Salão do Turismo, que acontece no Parque Anhembi, em São Paulo. A missão integra o projeto “Turismo de Negócios e Eventos”, comandado pelo Convention e Sebrae, com apoio da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba (Aciu).
 
Criatividade do mal. A cada dia os marginais inventam novas fórmulas para driblar a segurança pública e particular. E são criativos, abrem mão de mecanismos para fazer frente inclusive às tecnologias implementadas. Ontem mesmo ocorrência registrada no bairro Estados Unidos, em empresa de materiais de construção, demonstrou isto. O alarme da empresa não disparou porque os ladrões utilizaram um tipo de spray com tinta para isolar o sensor. Ao comerciante o prejuízo de R$ 20 mil. Eu estou assustada com a quantidade também de furtos e roubos na cidade. Mas a PM garante que a curva é descendente.
 
Alô, Dnit! Leitor Alexandre Moreira reclama, com toda a razão, do matagal que está tomando conta da divisão das pistas da BR-050, no trecho Uberaba-Uberlândia. A situação de desleixo vem aumentar o perigo para quem transita pelo local, onde, não raramente, animais atravessam a pista. Infelizmente, é cada vez mais precária a manutenção daquele trecho.
 
Troca. Professor Raul Vargas deixa a direção do curso de Comunicação Social da Uniube, após anos na função. A motivação foram assuntos familiares que exigiriam seu retorno à Colômbia. Seu sucessor é André Azevedo, o “André Cabelo”.
 
Pipocando. Pelo jeito, a insatisfação é geral na educação municipal. Bastaram as notas de ontem sobre a não-aplicação da Avaliação Sistêmica e falta de professores para pipocarem telefonemas e e-mails à colunista. Diretores – que evidentemente não podem ter os nomes revelados – confirmam informação quanto à insatisfação do segmento com os salários pagos, alegando que o combinado não está sendo cumprido. Também é certa a intenção do fechamento de escolas à noite para contenção de gastos e para propiciar remanejamento de professores, disponíveis em número insuficiente hoje para atender à demanda. Outro comentário – ainda a ser confirmado – dá conta de que livros do MEC para o ano letivo de 2010 já escolhidos pelas escolas podem ser trocados administrativamente por material do sistema Positivo. O pessoal do pedagógico não está gostando nada do tititi envolvendo esta questão. Consideram que, no mínimo, quem atua diretamente na ação didático-pedagógica deveria ter autonomia para indicar o material didático. Procedendo a informação, me resta concordar com professores, supervisores e diretores. Se não iriam acatar a opção, que não fizessem a consulta.
 
Baderna geral. Mais uma vez, a imprensa nacional cumpre seu papel de ponte entre a sociedade e o Poder. O Ministério Público Federal, por sua vez, não deixa passar em branco as denúncias formuladas pela mídia abrindo investigações sobre as decisões administrativas irregulares. No caso do Senado, tudo veio à tona em junho, via “O Estado de São Paulo”, sendo novas matérias também desencadeadas pela “Folha”. No desenrolar dos fatos, dá nojo assistir ao peso do jogo. E ainda tentam garantir que neste País há independência entre os poderes. A declaração do presidente Lula, ainda no exterior, deixou muito claro sobre quem dá as cartas. Claro que a interferência sempre existiu, mas nunca foi tão escancarada como agora. De outra banda, a gente teve que aturar o deputado do castelo, Edmar Moreira, na telinha dos nossos aparelhos de TV com aquela cara de “estou certo que está tudo certo para o meu lado”. E teve a absolvição. Se fraudar contrato para justificar o uso de verba pública e apresentar notas irregulares de empresas próprias para liberar dinheiro não for falta grave eu, realmente, não sei mais o que é grave e nem o que ensinar aos meus filhos. E pensar que o cidadão comum por atrasar o IPVA tem seu carro retido, que por atrasar fatura de concessionária pública tem a luz ou a água cortada. É ridículo, é vergonhoso, é triste e de se indignar! Ainda bem que tem o Timão. Salve o Corinthians! É o que nos resta... assistir ao futebol na Globo e torcer para o time preferido.
 
Irreal. Não tivesseconfirmado junto à Cemig, por certo não acreditaria em relato de cidadão trabalhador braçal que ganha pouco mais de um salário mínimomensal. A Cemig só parcela débitos a partir de R$ 279. O leitor conta que com uma fatura em atraso e outra por vencer nos próximos dias recebeu aviso de corte e buscou renegociar. Ficou desesperado ao ser informado pela Cemig de que não poderia porque o valor mínimo da dívida deve ser de R$ 279. Se forem R$ 278, nada feito!






EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Petrobras divulgou recentemente novos aumentos para o gs e tambm para os combustveis. Porm, o que se viu na prtica foram aumentos muito superiores s alquotas divulgadas pela estatal, deixando o consumidor preocupado. Na sua opinio, quem deve fiscalizar esses aumentos?








JM FORUM
Vereadores encaminharam ofcio ao governo estadual requerendo a instalao de mais cmeras do Olho Vivo nas imediaes da praa Frei Eugnio, no centro, e na avenida Ablio Borges de Arajo, na Abadia. Voc acredita que esses so pontos onde, de fato, h necessidade de instalao de monitoramento?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017