Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 02/02/2018

 
ALTERNATIVA
Tamanho do texto: A A A A
ALTERNATIVA
02/02/2018

Compartilhar:



À tarde passada, o delegado Heli Andrade recebeu o diretor do JM Luiz Ciabotti Neto para apresentar as obras de reforma da Delegacia de Polícia Civil em Uberaba. Observe que a estrutura arquitetônica da década de 1966 foi mantida e revitalizada

 Quem quer, faz

Veja como são as coisas: mesmo com verba curtíssima do Estado, o delegado regional de Polícia Civil Heli Andrade conseguiu retomar a reforma do prédio da Cadeia Pública, no Parque das Américas, e, em curto espaço de tempo, transformar as antigas celas em salas para abrigar as diversas delegacias que funcionam em Uberaba. A convite dele, fomos visitar as obras à tarde passada e tiramos o chapéu para o que vimos. Uma transformação completa e inacreditável. Conclusão única: nem tudo no Poder Público é sinônimo de morosidade e desculpas esfarrapadas. Heli Andrade está aí para provar que é possível fazer muito com pouco, quando há determinação e coragem.

Megaestrutura
Ocupando um quarteirão inteiro, com cerca de 4 mil metros quadrados de área coberta, a nova Delegacia de Polícia Civil em Uberaba nem de longe lembra aquele pardieiro de antigamente. Dentre os vários melhoramentos no prédio principal, chamam a atenção a ala para a Delegacia de Trânsito, com acesso exclusivo para entrada e saída de veículos para vistoria, e a área destinada ao setor de Inteligência da PC, que será totalmente informatizada. Obra já está no fim e deve ser inaugurada no começo de março.

Para Mulheres

Delegados e investigadores espalhados hoje nas Aisps serão transferidos para a nova Regional, tão logo o prédio esteja apto para o atendimento ao público. A única delegacia que terá espaço próprio será a de Mulheres, que passará a ocupar o imóvel anexo à Regional, onde funcionou o Instituto Médico Legal por muitos anos. Além do aparato policial, a ideia do delegado regional Heli Andrade é conseguir da Prefeitura a cessão de médicos, psicólogos e outros profissionais de apoio às vítimas na Delegacia de Mulheres.

Exagero – Acredite se quiser: a frota de veículos de Uberaba totaliza 140 mil unidades, entre automóveis, motocicletas, ônibus, caminhões e similares. Não é à toa que o IPVA já responde pela segunda maior arrecadação da Prefeitura de Uberaba.

Números – Em média, a Delegacia de Trânsito expede 480 documentos por dia. Números foram divulgados pelo delegado Francisco Gouveia.

No foco
Adido comercial adjunto da Embaixada russa no Brasil, Antón Pisarenko, esteve com o prefeito Paulo Piau, e manifestou interesse de grupo empresarial russo no projeto do aeroporto internacional de cargas. O mesmo grupo está negociando atualmente a gestão do aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas.

É o cara
Tem vínculos fortíssimos com Uberaba o segundo nome na estrutura da Polícia Federal em nível nacional. Trata-se do delegado Marlei Xavier, filho do juiz aposentado e hoje advogado Ataíde Xavier da Silva.

Costuras
Não será surpresa se o presidente da Cohagra, Marcos Jammal, vier a assumir uma diretoria no Ministério das Cidades, logo depois do carnaval. A conferir.

Articulações
Termina hoje o prazo para os associados fazerem indicações de nomes para serem homenageados com o Mérito ABCZ 2018. Grupo de criadores da raça Gir está empenhado na escolha de José Luiz Junqueira Barros para receber a honraria. O Mérito ABCZ é entregue anualmente, durante a ExpoZebu, a personalidades que desenvolvem trabalhos em prol do crescimento da pecuária zebuína.

Acorda, gente!
Li e reli a matéria publicada pelo JM na página 3 da edição dessa quinta-feira, na qual o presidente da Codemig anuncia oficialmente a desistência de barrar o leilão dos equipamentos da fábrica de amônia de Uberaba pela Petrobras. O presidente Marco Antônio Castelo Branco justifica dizendo que o “grupo de trabalho” formado pela Codemig e Prefeitura de Uberaba agora está empenhado prioritariamente em assegurar a vinda do gasoduto de São Paulo ao Triângulo Mineiro. Como assim? Não existe amônia sem gás, e não há possibilidade de viabilizar gasoduto sem fábrica de amônia para consumir o gás. Quem vai construir um gasoduto para levar matéria-prima para uma hipotética fábrica de amônia? Será que o tal grupo de trabalho ignora esse fato ou está nos vendendo mais uma ilusão? Difícil de acreditar que o presidente da Codemig esteja falando sério nesse caso.

Descrédito
A propósito, pegou muito mal para Uberaba voltar atrás nessa história do leilão da Petrobras. Fez reuniões com a cúpula da petroleira, envolveu o Ministério Público Federal nessa confusão, confiou demais no governo do Estado antes da hora, e agora, no final, veio a público para desistir de barrar o leilão. Ora, por que não pensou nisso antes? Teve tempo de sobra para estudar o assunto, antes de recorrer ao MPF e ao presidente da Petrobras Pedro Parente, com movimentações inconsistentes, como agora está evidente.

 







San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018