Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 23/12/2017

 
RADAR
Tamanho do texto: A A A A
RADAR
23/12/2017
Luiz Ciabotti Neto

Compartilhar:



  

A BOA SURPRESA DA TOYOTA - Toyota deve trazer carros da Daihatsu para o Brasil em 2018. A marca foi comprada pela Toyota no início de 2016. Ela será a responsável, daqui para frente, pelo desenvolvimento de modelos mais baratos, com atenção especial no lançamento de SUVs e crossovers compactos. O Sobre Rodas chama a atenção do leitor para o DN Trec, um SUV compacto da Daihatsu que foi mostrado no último Salão de Tóquio, mas que ainda não foi fabricado pela montadora japonesa. Este compacto deve desembarcar por aqui no ano que vem ou em 2019, com o logotipo da Toyota.

CITY CAR - O DN Trec é um city car e tem capacidade para cinco ocupantes, mesmo em um tamanho diminuto (1,69 m de largura). Sua versão de produção para o mercado japonês deverá ter opções 1.0 turbo a gasolina ou 1.2 híbrida elétrica. A marca afirma que o modelo é adequado apenas para o uso diário urbano ou para lazer.

CRESCEU
O número de recalls voltou a crescer em 2017, depois de ter recuado em 2016. Segundo a revista Autoesporte, as montadoras convocaram, neste ano, 1.853.984 carros para o reparo gratuito, ante 1,5 milhão em 2016.

TOYOTA LÍDER
Três em cada dez carros que apresentaram defeito foram fabricados e vendidos pela Toyota, já que a montadora convocou recall de 573.288 unidades durante o ano.

COROLLA
Só do Corolla foram três recalls diferentes, totalizando 233.864 carros convocados. Houve ainda um chamado de 176 mil unidades de Hilux e Hilux SW4, além de um que afetou 162 mil unidades do compacto Etios.

HONDA: EXEMPLO
Em segundo lugar ficou a Fiat, que convocou 413.424 carros. Depois vieram, respectivamente, a Nissan (197.155 carros), Chevrolet (164.022 carros) e Jeep (104.759 carros). A Honda, que havia sido a líder em 2016, com 500 mil carros afetados, agora convocou apenas 35 mil unidades.

AS MULHERES
Pesquisas comprovaram que homens ao volante que se perdem, só pedem informações a outros motoristas quando percebem que não tem mais jeito. As mulheres perguntam logo.

SILVERADO 2019


A Chevrolet apresentou ao mercado norte-americano a nova Silverado 1500. Vocês se lembram, ela já foi vendida no Brasil na década passada.
A versão apresentada foi a LT Trailboss, apenas uma de muitas configurações que serão oferecidas na Silverado 2019. O estilo continua a apostar nos elementos clássicos da linha, especialmente o capô elevado e a frente reta.

MUDANÇA
O leitor pode notar que muita coisa mudou na nova picape. Por exemplo, as lanternas foram divididas por um elemento de metal, vincos bem demarcados ajudam a dar uma quebrada no visual “quadradão” da picape. A Chevrolet afirma que uma liga de metal foi usada no chassis para reduzir consideravelmente o peso do veículo.

CRESCEU
O número de recalls voltou a crescer em 2017, depois de ter recuado em 2016. Segundo a revista Autoesporte, as montadoras convocaram, neste ano, 1.853.984 carros para o reparo gratuito, ante 1,5 milhão em 2016.

TOYOTA LÍDER
Três em cada dez carros que apresentaram defeito foram fabricados e vendidos pela Toyota, já que a montadora convocou recall de 573.288 unidades durante o ano.

COROLLA
Só do Corolla foram três recalls diferentes, totalizando 233.864 carros convocados. Houve ainda um chamado de 176 mil unidades de Hilux e Hilux SW4, além de um que afetou 162 mil unidades do compacto Etios.

HONDA: EXEMPLO
Em segundo lugar ficou a Fiat, que convocou 413.424 carros. Depois vieram, respectivamente, a Nissan (197.155 carros), Chevrolet (164.022 carros) e Jeep (104.759 carros). A Honda, que havia sido a líder em 2016, com 500 mil carros afetados, agora convocou apenas 35 mil unidades.

AS MULHERES
Pesquisas comprovaram que homens ao volante que se perdem, só pedem informações a outros motoristas quando percebem que não tem mais jeito. As mulheres perguntam logo.

POP CHEGA A 1 MILHÃO DE UNIDADES


A Honda Pop, motocicleta de entrada da montadora no Brasil, acaba de comemorar um milhão de unidades produzidas. A motoneta é a terceira mais vendida no país e foi lançada por aqui no início de 2007, estando hoje em sua segunda geração. Ela é o modelo mais acessível da marca custando R$ 5.570. Entre janeiro e novembro deste ano, foram quase 70 mil unidades emplacadas.







San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018