Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Voc� est� visitando a Edi��o do dia 30/08/2015

 
ESPECIAL
Tamanho do texto: A A A A
ESPECIAL
30/08/2015

Compartilhar:


OUTRAS COLUNAS



 

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou no último dia 19 o julgamento sobre a descriminalização do porte de drogas para uso próprio. A questão é debatida pela corte em virtude de recurso de um detento condenado, por porte de maconha, a dois meses de prestação de serviços à comunidade. A maconha foi encontrada na cela do detento.

A Defensoria Pública de São Paulo alega que o porte de drogas, tipificado no artigo 28 da Lei de Drogas (Lei 11.343/2006), não pode ser configurado crime, por não gerar conduta lesiva a terceiros. “A incriminação ofende direitos e garantias fundamentais do cidadão, especialmente a intimidade e a liberdade individual. Não é possível aceitar que uma norma infraconstitucional ofenda o ápice do ordenamento jurídico, considerando crime uma conduta devidamente amparada por valores constitucionalmente relevantes”, argumentam os defensores públicos. Já com o voto do relator favorável à descriminalização, o julgamento foi suspenso em virtude de um pedido de vistas e assunto voltará à pauta do Supremo em setembro.

O tema é polêmico. Entidades médicas, religiosas e ligadas à segurança pública emitem notas contrárias e favoráveis quanto à descriminalização. O Jornal da Manhã traz o debate sobre o assunto e ouviu advogados, delegado, psicólogo e internautas sobre o assunto.

 

Leia também: Faltam estrutura e consciência para liberação do uso

Leia também:Internautas têm opiniões divergentes, mas predomina a posição contrária à liberação

Leia também:Advogados entendem que consumo é problema de saúde pública

Leia também: Quem será o fornecedor?, questiona delegado caso o porte não seja crime

Leia também: Psicólogo diz que a permissão é uma experiência válida para o país

Leia também: Em nota, CNBB diz que permitir o porte pode agravar a dependência

 







San Marco - 9fev
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Apesar de a PMU descartar surto de meningite na cidade, h aumento significativo no nmero de casos. A vacinao a forma mais eficaz de preveno. Voc est com a imunizao em dia?







JM FORUM
Aps pedidos de moradores e vereadores, o albergue municipal vai se mudar do Boa Vista para a av. Orlando R. Cunha. Na sua opinio, a mudana positiva?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018