Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Voc� est� visitando a Edi��o do dia 07/12/2016

 
POLÍTICA
Tamanho do texto: A A A A
POLTICA
07/12/2016

Compartilhar:


OUTRAS COLUNAS



 Rebatendo críticas do Sindemu (Sindicato dos Educadores do Município de Uberaba), Prefeitura reafirma a distribuição dos uniformes e dos kits escolares aos alunos da rede municipal. Nota oficial sobre o assunto foi distribuída ontem à imprensa.

O sindicato protocolou denúncia ao Ministério Público contra a Prefeitura por causa do atraso no pagamento das rescisões aos professores contratados demitidos e aposentados. Na representação, o órgão contestou a abertura de licitação para a compra de uniformes e kits escolares, enquanto a PMU anuncia dificuldade financeira para quitar os acertos e pagar os salários do funcionalismo sem parcelamento.

Em nota, a secretária municipal de Educação, Silvana Elias, descarta a possibilidade de cancelar a compra dos materiais em função do questionamento do sindicato. Ela ressalta que o pagamento dos servidores é uma prioridade, mas defende também que as famílias dos estudantes estão sofrendo por causa da situação econômica do país e não podem ser mais prejudicadas. “Em um município como Uberaba, que prioriza a educação, eu penso que preservar o pagamento dos educadores e o apoio às famílias neste momento é de fundamental relevância. Justamente agora, com o país em recessão, quando as famílias mais carentes precisam de apoio, é que o poder público deve estar presente e não vamos falhar com estes pais e alunos [...] Se aqui nós não tivéssemos kits, muitas crianças não estariam na escola”, continua a nota.

A secretária ainda manifesta que os uniformes e kits escolares não são adquiridos com recursos do Fundeb. Segundo ela, quase 100% dos recursos do Fundeb são aplicados na remuneração do professor, embora a obrigatoriedade seria aplicar 60% da verba do fundo nos salários. Além disso, Silvana declara que a aquisição do material é feita com recursos próprios da Prefeitura e decisão sobre a manutenção do benefício cabe ao Poder Executivo. “É preciso explicar que os uniformes não entram nos 25% destinados à educação. É uma decisão do governo municipal de ordem financeira, visto que é recurso próprio”, encerra a nota.







San Marco - 9fev
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Apesar de a PMU descartar surto de meningite na cidade, h aumento significativo no nmero de casos. A vacinao a forma mais eficaz de preveno. Voc est com a imunizao em dia?







JM FORUM
Aps pedidos de moradores e vereadores, o albergue municipal vai se mudar do Boa Vista para a av. Orlando R. Cunha. Na sua opinio, a mudana positiva?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018