Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 05/10/2016

 
POLÍTICA
Tamanho do texto: A A A A
POLTICA
05/10/2016

Compartilhar:


OUTRAS COLUNAS



 O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio dos promotores de Justiça com atribuições eleitorais em Uberaba, ajuizou cerca de 40 representações, com pedido de multa, contra candidatos, partidos e coligações. O motivo é o “derrame de santinhos” que, mais uma vez, poluiu as ruas da cidade no dia 2 de outubro, em especial nas seções eleitorais de maior movimentação, como é o caso da Escola Municipal Boa Vista.

Acordo entre o Ministério Público e a Polícia Militar resultou no registro das ocorrências de santinhos e materiais gráficos encontrados nas proximidades das seções eleitorais. As ocorrências servirão para apuração do crime previsto no artigo 39, parágrafo 5º, inciso III, e também artigo 37, parágrafo 1º, da Lei das Eleições. A norma prevê detenção, de seis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, e multa que pode variar entre R$2 mil e R$8 mil.

Conforme noticiado pelo Jornal da Manhã, no último dia 30 de setembro, promotores e juízes eleitorais convidaram partidos, coligações e candidatos a participar da campanha “Sujeira não é legal”, com a entrega voluntária de materiais de campanha no cartório. A proposta visava evitar a prática de boca de urna e o derrame de santinhos na porta das seções de votação de Água Comprida, Campo Florido, Delta, Uberaba e Veríssimo.

Além disso, os promotores de Justiça Cláudia Alfredo Marques Carvalho, Claudine Lara Aurélio Bettarello, André Tuma Delbim Ferreira e Marcelo Marquesani também requereram à Justiça a busca e apreensão de material gráfico, sobras de campanha nos comitês eleitorais dos candidatos. Porém, a Justiça Eleitoral, segundo os promotores, não se manifestou. Pedidos idênticos também foram protocolados nos municípios de Água Comprida, Campo Florido e Delta aos respectivos juízes eleitorais. Mesmo assim, como também constatado pela cobertura das Eleições 2016, feita pela Rádio JM, a Polícia Militar notificou ao MP inúmeros pontos repletos de santinhos no dia da votação, o que resultou nas representações.







San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018