Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLÍTICA
Tamanho do texto: A A A A
POLTICA
10/03/2017

Compartilhar:


OUTRAS COLUNAS



 O prefeito Paulo Piau (PMDB) voltou ontem a Belo Horizonte para cobrar no Tribunal de Contas a liberação da PPP (Parceria Público-Privada) da iluminação pública. O processo está suspenso desde o ano passado por questionamentos ao edital.

Piau se reuniu com o desembargador Gilberto Diniz e foi informado que um parecer deverá ser emitido em 15 dias sobre o edital da PPP. “É uma boa notícia. Esperamos que agora esta situação se resolva, pois temos investimento para fazer no parque de iluminação de Uberaba e precisamos que esta PPP seja concluída. Ele dando o parecer, a matéria é encaminhada para o pleno”, ressalta.

A concorrência referente à PPP da iluminação pública seria aberta em abril do ano passado, mas foi interrompida por denúncias contra o edital, encaminhadas ao Tribunal de Contas. Uma das questões contestadas seria a ilegalidade na utilização da receita da Cosip (Contribuição de Custeio do Serviço de Iluminação Pública) para garantir o custeio de contratos celebrados sob o formato de PPP.

Sem desembaraçar o processo para implantação da PPP da iluminação pública, a Prefeitura já prorrogou o contrato da empresa que está atualmente prestando os serviços de manutenção da rede. O prazo foi estendido até julho deste ano.

Os serviços discriminados na licitação da PPP englobam desenvolvimento, modernização, ampliação, eficientização energética, operação e manutenção pelo período de 35 anos. O valor global estimado é de R$940.734.488,85. Dentro do valor global há o investimento de R$160 milhões nos dois primeiros anos e o valor restante é para reinvestimentos que forem necessários e manutenção pelos 33 anos remanescente do contrato.







EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

Uai Tracker animado
ENQUETE
A Operao Carne Fraca, deflagrada pela Polcia Federal, colocou em xeque a qualidade da carne comercializada no Brasil. O assunto preocupa voc?





JM FORUM
O mais recente LIRAa demonstrou que a infestao do mosquito Aedes aegypti cresceu este ano, na comparao com o mesmo perodo em 2016. Na sua opinio, o que preciso intensificar para reverter este quadro?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017