Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 04/01/2018

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
CIDADE
04/01/2018

Compartilhar:


OUTRAS COLUNAS



 Ceasa registrou queda nas vendas no primeiro dia de comercialização do ano. Diferente de anos anteriores, mesmo com a oferta baixa por conta do tempo, muitos produtores voltaram para casa com o carro cheio, pois as vendas foram fracas. Isso fez com que os produtos caíssem de preço. Cerca de 80% dos hortifrutigranjeiros comercializados na Ceasa tiveram redução nos valores.

Normalmente, neste período do ano, devido à queda na oferta de produtos, os preços tendem a subir, entretanto, desta vez a situação foi diferente no mercado livre do produtor de Uberaba, e a procura por mercadorias foi baixa. A situação é ruim para o produtor porque, além de vender poucos produtos, os preços caem. Já para o consumidor é interessante, pois deve encontrar produtos mais baratos nos supermercados e varejões.

De acordo com o orientador de mercado da Ceasa de Uberaba, João Carlos Caroni, houve redução média de 15% nos valores dos hortifrutigranjeiros. Alguns registraram índices ainda maiores, mas, na maioria, a queda foi nesta porcentagem. Entre os produtos, João destaca o tomate, que de uma semana para outra registrou redução de R$30 no preço da caixa de 22 quilos; além do quiabo, jiló, vagem, entre outros. O único produto que teve elevação foi a batata inglesa, que estava sendo vendida por R$90 a saca e ontem atingiu o patamar de R$130/saca. “Esta é uma situação que nos preocupa, uma vez que o objetivo do horticultor é escoar toda a produção, mesmo que seja em valores mais baixos. Acredito que a baixa procura no mercado pode estar relacionada à chuva, que segura o consumidor em casa, ou pode ser redução de gastos. O consumidor pode estar mais econômico”, explica o orientador.







San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018